agencia

Notícias

Atualizado em 10/03/2017 às 15h12

Prefeitura promove 'Todos por São Luís Mulher' voltado ao público feminino

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís


Prefeitura promove ’Todos por São Luís Mulher’ voltado ao público femininoUma programação diversificada com oferta de serviços voltados ao público feminino marcou a realização do 'Todos por São Luís Mulher', edição especial do prorama promovida pela Prefeitura de Luís, nesta sexta-feira (10), como parte da programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher, comemorado na última quarta-feira (8). A primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, que é coordenadora geral do programa, participou do evento, que contou com a parceria do Governo do Estado e apoio da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) e Igreja Quadrandular. A ação foi na Praça Deodoro, no Centro da capital.

"A Prefeitura de São Luís já executa diversas políticas públicas destinadas às mulheres e esta é o 'Todos por São Luís Mulher', mais uma ação desenvolvida com o objetivo de dar uma atenção toda especial ao público feminino, na semana em que celebramos o Dia Internacional da Mulher. Preparamos uma programação diferenciada, desenvolvida em plena praça pública, onde o fluxo de pessoas é maior e, assim, atingirmos a expressiva participação de mulheres nos serviços básicos essenciais de saúde, nutrição, embelezamento, entre muitas outros ofertados aqui", disse Camila Holanda.

A terceira edição do 'Todos por São Luís Mulher' registrou expressiva participação do público feminino, nas ações ofertadas na área de saúde, atividades culturais, de embelezamento, oficinas, feira de artesanato e outras atividades. Implantado pela gestão do prefeito Edivaldo, o programa proporciona o estreitamento do diálogo da Prefeitura de São Luís com a comunidade a partir da oferta de serviços à população. básicos essenciais.

SERVIÇOS

A programação do 'Todos por São Luís Mulher' iniciou às 8h e aconteceu até às 18h. Diversas tendas foram montadas na praça para ofertar os serviços, como exame preventivo, aferição de pressão, realização teste de glicemia e avaliação antropométrica, aplicação de flúor e vacinação. Orientação sobre DSTs e encaminhamento para consultas médicas com especialistas na área de saúde da mulher também fizeram parte do rol de serviços oferecidos. 

As mulheres também puderam realizar oficinas de origami, confecção de bonecas de pano, de agenda, chaveiro, decoração de garrafas, flores com papel crepom e porta toalhas. As atividades foram realizadas pelas secretarias de Segurança com Cidadania (Semusc) e Educação (Semed) e tiveram por objetivo fomentar o empreendedorismo individual e incentivar o reaproveitamento de materiais. 

A dona de casa Joana da Cruz Maranhão, 68 anos, que é diabética, foi uma das primeiras a ser atendida no estande de Nutrição. "Eu soube que teria esse serviço aqui e aproveitei para buscar mais orientações sobre os alimentos que posso consumir, pois vivo permanentemente controlando a alimentação por causa da doença. O atendimento foi muito bom e já recebi todas as informações que precisava", disse ela.

Quem também procurou orientações da equipe de profissionais da área da saúde foi a aposentada Laurinda Lisboa, 82 anos. Ela realizou testes rápidos de glicemia e medição da pressão arterial e ambos apresentaram índices bastante alterados. "Nem sabia que estavam tão alterados assim, mas a profissional que me atendeu já me orientou sobre os procedimentos que eu tenho de tomar e eu vou realizar uma consulta médica especializada para buscar o tratamento adequado", relatou a aposentada.

AÇÕES

Ainda como parte das ações ofertadas na programação do evento, foi realizado um trabalho de orientação feito por equipes da Secretaria de Obras e Serviços  Públicos (Semosp), sobre "Limpeza Pública: as responsabilidades de cada cidadão nesse processo". 

Já a Secretaria de Segurança Alimentar (Semsa) realizou avaliação e orientação nutricional, além de degustação do suco verde. Também foram ofertados serviços dos Cras e Creas: social e psicossocial, cadastro do Cras, Cadastro Único, recadastramento do NIS, orientação social e encaminhamento ao Programa Bolsa Família. A Coordenadoria da Mulher esteve no local prestando informações sobre os serviços de atendimento à mulher em situação de violência por meio da Rede Amiga.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem