agencia

Notícias

Atualizado em 14/03/2017 às 14h37

Prefeito Edivaldo participa de lançamento oficial do programa Criança Feliz no Maranhão

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo participa de lançamento oficial do programa Criança Feliz no MaranhãoO prefeito Edivaldo participou, na manhã desta terça-feira (14), do lançamento oficial do programa federal Criança Feliz, no Maranhão. O termo de adesão formalizando a participação do estado foi assinado pelo governador Flávio Dino, em solenidade realizada no Palácio Henrique de La Rocque, com a presença do secretário nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), Halim Antônio Girade; prefeitos de diversos municípios, secretários estaduais e municipais, entre outras autoridades.

São Luís é um dos 164 municípios maranhenses que aderiram ao Programa Criança Feliz, instituído pelo Governo Federal no fim do ano passado, com o objetivo de fortalecer as políticas públicas para a primeira infância e promover o desenvolvimento infantil. No ato, o governador Flávio Dino destacou o programa como uma iniciativa salutar e de extrema relevância para promover o desenvolvimento saudável na primeira infância, em todos os aspectos preconizados pelas diretrizes que norteiam a ação.

"É mais uma ação que vem somar às dezenas de outras que já realizamos com o intuito de promover o desenvolvimento humano de nossa população. O programa Criança Feliz é uma iniciativa que tem uma dimensão enorme porque reúne uma série de cuidados essenciais para promover o bem-estar das crianças na primeira infância, um público que realmente necessita dessa atenção especial", disse o governador.

Dino destacou ainda que o governo vai trabalhar fortemente para atender a todas as linhas que norteiam a ação e fazer com que as crianças maranhenses tenham, de fato, todos os cuidados para seu desenvolvimento saudável, do ponto de vista da saúde, da educação, dos direitos humanos, social e da afetividade.

O prefeito Edivaldo disse que as ações do programa Criança Feliz vão contribuir para a redução de índices sociais negativos, como mortalidade infantil, evasão escolar, maus-tratos, entre outros aspectos. "Vamos trabalhar para executar com muito carinho e diligência o programa em nosso município, de forma que possamos implementar e fortalecer a rede de proteção voltadas à primeira infância, uma fase do ser humano considerada tão importante e que requer atenção especial no que diz respeito ao seu desenvolvimento afetivo, psicossocial e educacional", observou Edivaldo.

O prefeito ressaltou ainda que será instituído, em São Luís, o Comitê Gestor, órgão a quem caberá articular e coordenar as ações do Criança Feliz, no município. O objetivo é dar um melhor e mais efetivo direcionamento das ações que serão desenvolvidas e, assim, obter os resultados almejados.

RELEVÂNCIA

O secretário nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), Halim Antônio Girade, frisou a importância da iniciativa. "Considero este o mais importante programa que um país pode realizar para ter uma sociedade mais saudável e próspera. Tudo o que se faz em relação ao ser humano, na primeira infância, é fundamental e terá efeitos para o resto de sua vida. E para o Maranhão, que ainda apresenta alguns índices sociais muito negativos, esse programa será absolutamente fundamental", disse Halim Girade.

Na ocasião, foi instituído o Comitê Estadual Gestor do programa, órgão que tem como membros os secretários estaduais de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista; Educação, Felipe Camarão; Saúde, Carlos Lula; e Direitos Humanos, Francisco Gonçalves.

Coordenado no Maranhão pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), as ações desenvolvidas pelo programa vão priorizar crianças de até três anos de idade beneficiárias do Programa Bolsa Família, crianças de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e as afastadas do convívio familiar por alguma medida protetiva. O projeto inclui ainda gestantes entre o público beneficiário da ação, por entender que os cuidados com a criança devem iniciar antes mesmo do nascimento.

O Criança Feliz integrará ações de várias áreas como saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos. A ação tem como foco os primeiros mil dias de vida da criança. As famílias beneficiárias serão acompanhadas por profissionais capacitados que realizam visitas domiciliares periódicas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem