agencia

Notícias

Atualizado em 29/03/2017 às 15h47

Prefeitura de São Luís capacita professores em oficina de construção de recursos pedagógicos

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís capacita professores em construção de recursos pedagógicos para sala de aulaA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou, esta semana, os primeiros encontros da oficina "Construção de saberes em língua portuguesa e matemática, a partir da utilização de recursos pedagógicos". A formação é voltada para professores do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental e tem por objetivo capacitá-los a criar e adaptar recursos pedagógicos que contribuam com o aprendizado em sala de aula. A capacitação ocorre até o dia 10 de junho, com encontros presenciais, no Centro de Formação do Educador, na Escola Sagarana I, Caratatiua e atividades não-presenciais em sala de aula.

O professor Moacir Feitosa, titular da Secretaria Municipal de Educação, explica que a realização da oficina foi uma demanda levantada pelos próprios educadores, quando participaram, na Feira do Livro de São Luís, ano passado, de uma mini oficina de Construção de Recursos Pedagógicos. "Realizamos todos os anos capacitações em diversas áreas. Algumas, nós demandamos e outras partem das necessidades levantadas pelos próprios docentes, como é o caso desta oficina. Sabemos que a capacitação valoriza o professor e contribui para o aprendizado e por isso é uma área de investimento da gestão do prefeito Edivaldo", destaca Moacir.

Além dos encontros presenciais, de quatro horas cada um, mais 12 horas de atividades não-presenciais devem ser desenvolvidas pelos professores, em sala de aula, com o acompanhamento do Centro de Formação do Educador. No último encontro presencial, acontecerá um seminário de avaliação. A oficina tem 77 professores inscritos, nos turnos da manhã, tarde e noite, sendo a maioria da Rede Pública de Ensino de São Luís – algumas vagas foram direcionadas para a comunidade.

A coordenadora do Centro de Formação, Janilma Ferreira, explica que foram reservados dois dias por semana para os encontros, para que, em um dia os professores conheçam e confeccionem um tipo de recurso pedagógico, e no outro dia, possam construir a sequência didática a ser executada em sala de aula, ou seja, fazer o planejamento de como vão utilizar o recurso, adaptando-o às necessidades dos estudantes. Ela diz que mesmo sendo uma oficina específica voltada para a construção de saberes em língua portuguesa e matemática, a intenção é que os recursos sejam construídos ou adaptados em sala de aula de forma interdisciplinar.

RECURSOS 

A "Caixa de palavras", o "Bingo fonológico", o "Lince" e o "Baralho forma palavras" são alguns dos recursos que serão confeccionados durante a oficina e levados para as salas de aula para serem utilizados em qualquer disciplina, podendo inclusive ser adaptados para os estudantes com deficiência. "Nossa proposta é colaborar com o professor para o desenvolvimento de atividades mais lúdicas e agradáveis em sala de aula, que despertem mais atenção para o aprendizado", observou Janilma.

A formadora Soraya Mendonça Silva, da área de Linguagem do Centro de Formação do Educador, diz que este primeiro encontro foi de fundamentação teórica sobre a utilização de recursos didáticos em sala de aula. A partir do próximo encontro, nos dias 3 e 4 de abril, começa a parte prática, de confecção e adaptação de recursos pedagógicos. Ela informa ainda que a oficina também vai trabalhar com jogos cooperativos.

Segundo Soraya Mendonça, cada recurso pedagógico confeccionado acompanhará uma ficha de instruções, onde estarão as regras, desafios, composição, problematização, objetivos e outros detalhes do jogo/recurso pedagógico. "Se o professor colocar no seu planejamento o uso dos recursos pedagógicos que iremos confeccionar e souber adaptar às necessidades da turma, com certeza o aluno terá um aprendizado mais significativo", observa a formadora.

Lêda Maria Silva Santos, professora do 5º ano na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Pedro Marcosini Bertol (Jaracati), diz que os recursos pedagógicos auxiliam no aprendizado, levando para prática o conteúdo que está sendo ministrado em sala de aula. "Os recursos tornam o aprendizado mais dinâmico", pontuou. Para a pedagoga Marlineide da Silva Miranda, de uma escola comunitária da Ilha, "os recursos pedagógicos divertem e fazem com que as crianças aprendam brincando". Marlineide diz que tudo o que aprender na oficina vai repassar para suas colegas de trabalho que não estão fazendo o curso.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem