agencia

Notícias

Atualizado em 13/07/2017 às 18h23

Oficina de Comidas Típicas é uma das mais procuradas na programação do "Todos por São Luís"

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Oficina de Comidas Típicas é uma das mais procuradas na programação do ″Todos por São Luís″Pratos tradicionais da culinária maranhense na Oficina de Comidas Típicas Regionais promovida no Centro Beneficente Nossa Senhora da Glória, na Alemanha. A oficina integra o programa Todos por São Luís, iniciativa da Prefeitura, que nesta edição contemplou a comunidade do bairro. "O curso é um dos mais procurados entre as diversas opções oferecidas na ação. Há o interesse em aprender sobre a produção e os principais pratos da nossa gastronomia. A oficina é um verdadeiro sucesso, assim como toda a programação que é pensada junto com as comunidades", ressaltou a primeira-dama e coordenadora do programa, Camila Holanda.

Para alguns participantes a oficina foi o primeiro aprendizado no preparo dos pratos típicos. É o caso da aposentada Severa Sá, 80 anos, que soube da oficina durante as reuniões da comunidade no próprio centro e resolveu participar "Quero aprender as receitas porque acredito que todo aprendizado é válido e importante. Achei bastante viável o programa por dá a oportunidade das pessoas aprenderem a cozinhar e até fazer disso uma profissão", disse.

A estudante Isaryanne Souza Asceno, 27 anos, também viu na oficina a chance de aprender mais. "Os pratos que aprendemos a fazer são os mais pedidos. Fiquei satisfeita com a organização e o resultado. Aprendi e vou fazendo em casa. Muito boa a ideia do programa de oportunizar esse aprendizado", disse ela.

A dona de casa Analice Correa, 45 anos, ficou interessada em aprender para a família. "Pretendo também ter uma renda com a venda dos pratos, mas quero fazer na minha casa para minha família. São receitas muito boas e alguns pratos eu realmente não sabia fazer e aprendi aqui. Muito bom. Gostei bastante da oficina", afirmou ela.

Na lista das receitas estão arroz de cuxá, cariru, vatapá, tortas de camarão e caranguejo, arroz Maria Isabel, arroz de vinagreira, peixe serra frito, farofa e para balancear os pratos, saladinhas de verduras diversas. A oficina é realizada em dois dias, sendo um de teoria, onde os participantes aprendem sobre os alimentos e um pouco da história da culinária maranhense; e o mais esperado, a prática, na qual põem a mão na massa, literalmente. "Ficamos muito felizes com a participação de tantas pessoas, aprendendo sobre nossa história e gastronomia e muitos fazendo dessa oportunidade seu trabalho e gerando renda familiar", pontua a primeira-dama Camila Holanda.

No cronograma do Todos por São Luís são mais de 50 atividades e serviços, que proporcionam aprendizado e integração da comunidade. "Com este programa os moradores podem aprender mais, gerar renda e tudo gratuito, dentro do próprio bairro. E é justamente esta a intenção do Todos, levar às comunidades ações importantes, ampliar o acesso e promover a integração social", concluiu a primeira-dama. Ao final do preparo, os participantes puderam degustar os diversos pratos tipicamente maranhenses.

Acesse aqui galeria de imagens desta reportagem