agencia

Notícias

Atualizado em 25/09/2017 às 19h05

Prefeitura convoca sorteados no programa 'Minha Casa, Minha Vida' para atualização cadastral

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 

 

 

Prefeitura convoca sorteados no programa ’Minha Casa, Minha Vida’ para atualização cadastral

Convocação dos sorteados do Programa Minha Casa Minha Vida para atualização de documentos (Clique aqui)

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), convoca os sorteados no programa 'Minha Casa, Minha Vida' para realizar atualização de documentos e resolver outras pendências. A convocação é válida para mais de 1,3 mil contemplados nos sorteios realizados em 2012, e que apresentam alguma pendência documental. Para realizar a atualização os sorteados devem comparecer à Central de Atendimento do Programa Minha Casa Minha Vida, localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, nº 59 – Bairro São Francisco.

O prazo encerra dia 06 de outubro e o horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Os convocados são sorteados nos residenciais Eco Tajaçoaba (Santa Barbára) e Morada do Sol (Vila Maranhão). A lista completa dos convocados com pendências na documentação está disponível no Portal da Prefeitura (www.saoluis.ma.gov.br) na aba 'Editais'.

Segundo a coordenação do processo, caso não seja realizada a atualização, o contemplado pode perder o imóvel. A entrega dos documentos vai permitir a agilidade na entrega das unidades habitacionais e é um procedimento exigido pelo Governo Federal.

"A atualização possibilita que sejam realizados novos sorteios e acelera demais processos para entrega de unidades, que por falta de documentação não foram concluídos", destacou o secretário da Semurh, Madison Leonardo Andrade. 

DOCUMENTOS

Os documentos: RG, CPF, Certidão de nascimento e casamento (em caso de casamento também é necessários os documentos do conjugue), comprovante de endereço, carteira de trabalho e laudo médico para pessoas com deficiência.

 As unidades habitacionais são destinadas a pessoas de baixa renda, que não tenham residência própria. Cada empreendimento do programa Minha Casa Minha Vida em São Luís reserva ainda cerca de 3% a 5% das moradias para pessoas residentes em áreas de risco, desabrigadas ou que sejam beneficiárias do Aluguel Social.