agencia

Notícias

Atualizado em 13/11/2017 às 16h13

Espaço Criança reúne alunos da educação municipal na 11ª FeliS

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 Crianças observam atentas a contação de históriasA descontração, alegria e encantamento da criançada tem chamado a atenção de quem passa pelo Espaço Criança, montado pela Secretaria de Municipal de Educação (Semed), na 11ª Feira do Livro de São Luís (FeliS). O evento é uma realização da Prefeitura e Governo do Estado e prossegue até domingo, no Centro Histórico, das 10h às 22h. Nos 10 dias da FeliS, o Espaço da Criança deve receber centenas de alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental da rede municipal, além de estudantes de escolas comunitárias de São Luís e dos municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Na manhã desta segunda-feira (13), o Espaço Criança recebeu crianças do bairro Desterro, que tiveram a oportunidade de desenhar, pintar e conhecer o mundo mágico da literatura infantil com as contações de histórias das atrizes Renata Figueiredo e Cris Campos, do grupo Xama Teatro. As atrizes interpretaram contos do livro "Arte e manhas do Jabuti", do escritor maranhense Wilson Marques.

Aluno da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Nova Canaã, Wedney Barbosa narrou o encanto pelas histórias, desenhos e pinturas que compõem o espaço. "Estou feliz. Foi muito bom", relatou ao lado da coleguinha de escola Ana Lúcia que disse ter sido um momento especial, "Foi um dia muito feliz. Estou muito contente", disse a menina.

Renata Figueiredo pontuou a importância do trabalho dos contadores de história na Feira do Livro. "A Feira é um ambiente propício. É um paraíso. O livro, a história e a narrativa são o centro da questão. Crianças interessadas em pegar o livro, ler. Nesse espaço o nosso trabalho cabe feito uma luva", disse ao relatar a emoção em perceber os olhinhos das crianças brilhando, refletindo e apreendendo novas palavras, nesse trabalho de criação e recriação.

Com muita criatividade, as atrizes prenderam a atenção das crianças, que interagiram com palmas e cantando. Elas se encantaram com a magia das fábulas, músicas e poesias que despertam nas crianças o interesse pelo livro e a leitura. João Victor Oliveira, que ao final do evento ganhou um livro do escritor Wilson Marques decidiu compartilhar com os colegas João Sousa e Cauã Costa. "Esse livro é nosso", frisou.

A professora e contadora de história Rosângela Teixeira Sousa, da Coordenação do Livro Didático e Infantil da Semed destacou que 40 escolas da Educação Infantil estão agendadas para visitar o local. "Isto é gratificante nesse momento em que dedicamos a nossa atenção e esforço para criar desde cedo nas crianças o hábito de ler e escrever", sentenciou.

Programação

A feira terá presença de 23 convidados nacionais, 10 performances poéticas, 60 contações de história, sete espetáculos circenses de rua, sete intervenções artísticas, uma orquestra, nove conferências, palestras, oficinas, minicursos, pockets shows, saraus e musicais.

Ainda na programação, espaço Café Literário, espaço infantil, exposições, vendas de livros e de artigos literários – serão 56 lançamentos de livros.

A estrutura do evento é composta por 22 espaços com atrações, 54 estandes para livreiros, sebos e instituições parceiras, três auditórios para debates e conferências.

Apoio

A FeliS tem como correalizador o Serviço Social do Comércio (Sesc); patrocínio da Vale e Potiguar; e apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema).

Entre as parcerias, Associação dos Livreiros do Estado do Maranhão (Alem), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e diversos outros apoiadores.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem