agencia

Notícias

Atualizado em 13/12/2017 às 14h33

Prefeitura de São Luís realiza Dia D de Combate ao Aedes aegypti

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Dia D reuniu Prefeitura e governos Federal e Municipal no combate ao mosquitoCom visitas domiciliares, ações de limpeza nas ruas e abordagens educativas, a Prefeitura de São Luís contribuiu com o Dia D de Combate ao Aedes aegypti. Realizado nesta quarta-feira (13), o Dia D em São Luís reuniu, no Parque do Bom Menino, representantes de municípios da grande Ilha e do poder público federal e estadual. O objetivo foi intensificar as iniciativas contra o mosquito e mobilizar a população para o combate às arboviroses (doenças transmitidas por mosquito a exemplo da dengue, zika e chicungunya). As ações visam fortalecer a prevenção, especialmente alertando a sociedade para os cuidados durante o período chuvoso.

Representando o município de São Luís, a secretária adjunta da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Natália Mandarino, ressaltou a redução de 80% nos casos de dengue registrados em 2017 na cidade. "Esse índice é fruto de um trabalho permanente realizado pela Prefeitura em todos os distritos sanitários da cidade. Apesar do resultado favorável e do cenário positivo, não vamos ficar confortáveis. Vamos prosseguir com as ações, trabalhando continuamente e cada vez mais para eliminar o mosquito e combater as doenças causadas por ele", enfatizou a adjunta.

O Dia D contou com a participação do representante do Ministério do Meio Ambiente, Jair Tannus. "O poder público precisa da colaboração ativa da população no combate ao mosquito. O cuidado permanente em casa, nos locais de trabalho, nas escolas e em outros espaços públicos é o principal instrumento no desafio de eliminar o mosquito. Essa é a hora de, mais uma vez, lembrar que o Maranhão é forte e que o Brasil tem um povo que não será derrotado por um mosquito", disse Jair Tannus.

PARCERIA

As ações de combate às arboviroses em São Luís, contam com iniciativas dos governos federal, estadual e municipal. O trabalho do município, por exemplo, consiste em realizar visitas domiciliares e abordagens educativas, com distribuição de materiais informativos. As ações envolvem o trabalho das secretarias municipais de Saúde (Semus) e de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e são executadas especialmente em áreas prioritárias como Centro, Monte Castelo, Coroadinho e Cohatrac III.

Representando o poder público estadual, o secretário adjunto da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Marcelo Rosa, reforçou a importância do trabalho conjunto na luta contra o Aedes aegypti. "Tivemos um avanço grande no combate ao mosquito, na redução dos casos das arboviroses. Isso é resultado de uma parceria do Governo Federal e Estadual e dos municípios que se dedicaram muito nesse trabalho. Contamos com o compromisso das prefeituras na limpeza das cidades e, por isso, evoluímos especialmente nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar e Raposa", destacou.

VISITAS

Além dos pronunciamentos dos representantes dos entes federados, a programação do Dia D de Mobilização contra o Aedes Aegypti incluiu visitas domiciliares. A casa da aposentada Guiomar de Souza, 73 anos, foi uma das primeiras a serem visitadas. "Eu cuido muito bem da minha casa. Tenho cuidado com a limpeza para não deixar água acumulada. Seria muito bom que todas as pessoas tivessem essa consciência. Esse trabalho do poder público é muito importante para chamar atenção da população", afirmou.

Durante toda esta semana, a Prefeitura de São Luís está intensificando os trabalhos com o recolhimento de pneus, a nebulização espacial e as atividades do Projeto Selo Legal no Monte Castelo. Também serão realizadas abordagens educativas em postos de saúde, feiras e supermercados; e panfletagem em escolas, semáforos e shoppings da cidade; e o recolhimento de bagulhos volumosos nos bairros Monte Castelo, Alemanha, Caratatiua, Jordoa, Apeadouro e Vila Ivar Saldanha.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem