agencia

Notícias

Quinta-feira, 19/04/2018 - 15h20

Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado em escolas da rede municipal

Uma das atividades realizadas este mês integra o projeto da Prefeitura que leva escritores maranhenses às unidades de ensino para conversar e autografar livros para os estudantes

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Escritor Márcio Henrique Almeida autografa livro para crianças da U.E.B. Rio Grande, na zona rural de São LuísO Dia Nacional do Livro Infantil e o aniversário de Monteiro Lobato, em 18 de abril, foram comemorados pelos estudantes da rede municipal, com atividades que envolveram contação de histórias em várias escolas da rede, visitas à Biblioteca Municipal e conversas com autores maranhenses de livros infantis. A visita de autores maranhenses às escolas da rede pública municipal é parte das ações do projeto 'Resgate e valorização dos autores maranhenses que escrevem para crianças', desenvolvido na gestão do prefeito Edivaldo desde o ano passado.

"Por meio do projeto, a Prefeitura de São Luís busca difundir e estimular ainda mais a leitura e a escrita entre os estudantes da rede, construindo as bases para o fortalecimento de uma educação integral e inclusiva", assinala o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

Uma das escolas que recebeu o projeto 'Resgate e valorização dos autores maranhenses que escrevem para crianças' foi a Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Infantil Rio Grande, na Vila Maranhão, onde os estudantes receberam a visita do escritor maranhense Márcio Henrique Almeida, autor de "O Livro e o Cometa", e das contadoras de histórias da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O pátio da U.E.B. Rio Grande recebeu tapetes de múltiplas cores e formas, além de painéis e cartazes de boas-vindas ao escritor e às personagens do projeto Carro Biblioteca, que faz parte da Coordenação do Livro Didático da Semed.

O escritor Márcio Henrique se declarou encantado com a recepção das crianças e de todos da escola Rio Grande, localizada na zona rural de São Luís. "Adoro trabalhar para crianças. Contei muitas histórias quando trabalhei por seis anos numa biblioteca escolar, e hoje faço o que gosto, construo histórias para um público sincero e muito carinhoso", ressalta Márcio Henrique. Durante seu bate-papo com os estudantes, muitas crianças fizeram perguntas sobre a história "O livro e o cometa". 

Depois de "O livro e o cometa", Márcio Henrique, que também é bibliotecário, agora faz sucesso com "O livro e o cometa: de volta ao planeta Terra", que dá continuidade às aventuras das personagens do livro: o cometa, as estrelas e o livro. Os livros têm coautoria de Francis Cavalcanti. Juntos, já planejam uma terceira história, para formar uma trilogia. 

VALORIZAÇÃO

Por meio do projeto 'Resgate e valorização dos autores maranhenses que escrevem para crianças', cerca de duas mil e quinhentas crianças da rede municipal já receberam livros autografados das mãos dos escritores Wilson Marques e Márcio Henrique Almeida. Autores, respectivamente, de "A menina levada e a serpente encantada" e "O livro e o cometa", Wilson e Márcio Henrique já visitaram várias escolas autografando seus livros.

A partir do mês de junho, outros escritores maranhenses serão inseridos no projeto. Até o fim de 2018, a Prefeitura de São Luís pretende entregar nas escolas da rede cerca de três mil exemplares, alcançando mais de cinco mil estudantes com um livro autografado por autor maranhense.

Equipe da Semed levou atividades como contação de histórias às escolas

A coordenadora do Livro Infantil da Semed, Sinara Coelho Lima Rodrigues, informa que durante todo o mês de abril (mês do Livro Infantil) as contadoras de histórias da Semed estarão em escolas públicas municipais da zona urbana e rural para levar brincadeiras e atividades lúdicas para as crianças.

A gestora da Rio Grande, Maria Amélia Pires e Pires, diz que as crianças ficaram muito felizes com a visita do escritor e personagens do Carro Biblioteca. A professora Elizangela Rocha, assegura que as atividades lúdicas são essenciais para o desenvolvimento motor e cognitivo das crianças.

O pequeno Renan Almeida Sobrinho, 5 anos, do Infantil II, foi um dos que mais fizeram perguntas ao escritor. "Gostei muito do livro e queria saber o que é um cometa e outras coisas. Esta tarde foi muito especial pra mim", disse o estudante.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem