agencia

Notícias

Quinta-feira, 05/07/2018 - 16h08

Prefeito Edivaldo apresenta avanços da gestão em Fórum de Secretários de Administração

O assunto foi apresentado na abertura da 70ª edição do Fórum Nacional de Secretarias Municipais de Administração das Capitais (Fonac) realizado em São Luís

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo Edivaldo apresenta avanços da gestão em Fórum de Secretários de Administração

O prefeito Edivaldo participou na manhã desta quinta-feira (5), no Hotel Luzeiros, da abertura da 70ª edição do Fórum Nacional de Secretarias Municipais de Administração das Capitais (Fonac).O Fórum, que acontece até sexta-feira (6), abriu espaço para a apresentação de boas práticas administrativas e experiências exitosas de gestão pública. Na ocasião, foi apresentado aos participantes as ações da Prefeitura de São Luís, com destaque para a  política de resíduos sólidos colocada em prática pela gestão municipal e a implantação dos dez Ecopontos que atendem mais de 90 bairros da capital maranhense.

Durante seu pronunciamento o prefeito Edivaldo destacou a importância de São Luís sediar o fórum. "Este momento de debate e colaboração é fundamental para troca de experiência entre os gestores. Serão dois dias integrais de muito trabalho. O evento proporciona um espaço para que secretários compartilhem boas práticas de gestão, colaborando para o aperfeiçoamento do ​​trabalho em prol da população e do desenvolvimento da cidade" disse o prefeito Edivaldo.

O presidente do Fonac, Roberto Wagner, que também é secretário de Administração de João Pessoa, capital paraibana, ressaltou a relevância do compartilhamento de ideias para as gestões municipais. "Nosso objetivo é compartilhar boas experiências e ferramentas inovadoras de gestão, para que possamos desenvolver em nossas cidades o que de melhor tem sido praticado nos demais municípios participantes do Fórum, adequando-as à realidade de cada um, sempre visando melhores resultados em benefício da cidade e da população", afirmou o presidente do Fonac.

Além de compartilhar as boas práticas de gestão municipal, o evento, que é uma iniciativa do Fonac, associação civil sem fins lucrativos, propõe ainda a discussão de temas de interesse municipal no contexto nacional. A realização do encontro na capital maranhense conta com o apoio local da Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Administração (Semad).

POLÍTICA DE COLETA SELETIVA 

No evento, a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela, fez a explanação de todo o trabalho desenvolvido na área, que norteou a política de gestão dos resíduos sólidos na capital, e destacou o fechamento da Aterro da Ribeira e a criação dos ecopontos como um marco da mudança de realidade no setor. Ao abordar sobre a metodologia de implantação dos ecopontos, a gestora pontuou os inúmeros benefícios gerados à cidade por meio dessa política de coleta seletiva de resíduos inservíveis e inertes.

"Os ecopontos não só representam melhorias nos aspectos referentes à reciclagem de resíduos ou à geração de renda na área, como também contribuem para a mudança de comportamento das pessoas, conscientizando a população acerca do descarte adequado visando, inclusive, à proteção do meio ambiente e à prevenção da saúde pública, promovendo a mudança da realidade urbanística nos locais beneficiados pelo projeto. Conheço outros modelos de coleta de resíduos, mas defendo os ecopontos como um dos melhores sistemas de captação de material reciclável na área, porque trabalha desde a forma adequada do descarte até o desenvolvimento de ações educativas que envolvem a comunidade para adoção dessa prática ambientalmente sustentável", observou Carolina Estrela.

Atualmente, a Prefeitura de São Luís mantém dez ecopontos, que são espaços públicos para o descarte de materiais inertes e inservíveis, localizados em pontos estratégicos dos bairros contemplados pelo equipamento. Os equipamentos atendem atualmente cerca de 91 bairros das imediações onde estes estão instalados. Nesses pontos, podem ser descartados materiais como vidros, plásticos, papel, gesso, metal, móveis velhos, pneus, óleo de cozinha, resíduos de poda e de construção civil. Ao todo, já foram recebidas pelos ecopontos aproximadamente 14 mil toneladas de resíduos.

A titular da Semad, Mittyz Rodrigues, também destacou a importância do intercâmbio de projetos propostos pelo fórum. "Em um evento como este, conseguimos elencar caminhos alternativos pertinentes à boa gestão pública, compartilhar e divulgar práticas implementadas com sucesso na área. Os problemas vivenciados pelos municípios são comuns a todos, por isso o fórum é uma oportunidade para cada um mostrar o que está fazendo de inovador para melhorar a administração pública e assimilar o que de melhor vem sendo desenvolvido nas demais cidades, a fim de colaborar para o aperfeiçoamento do trabalho de todos", afirmou a secretária.

Presente ao evento, o secretário de Administração de Florianópolis, capital catarinense, Everson Mendes, destacou o fórum como um momento de interação e fortalecimento das administrações municipais. "Enfrentamos basicamente os mesmos desafios de crescimento geométrico da folha de pagamento, vivenciamos novas questões no que tange às compras coletivas e à implementação de políticas públicas para baixar custeios municipais. Então, o fórum é um momento no qual podemos achar melhores caminhos para facilitar e melhorar todos esses fatores", disse o secretário, que no evento apresentou o 'case' sobre o modelo de gestão implementado no Almoxarifado Central da Florianópolis e as novas ferramentas de controle eficiente da folha de pagamento do município.

A programação do 70º Fonac apresenta uma agenda de cases e palestras formativas voltadas para secretários de Administração e gestores municipais. Esta edição do evento conta com a participação de representantes de Curitiba, Belo Horizonte, João Pessoa, Cuiabá, Recife, Vitória, Fortaleza, Rio Branco, Boa Vista, Teresina, Aracaju e Florianópolis. Em debate, estava ainda assuntos como os impactos das leis trabalhistas, a modernização do atendimento ao munícipe e o sistema E-Social.

FONAC

Com a missão de contribuir para o permanente aprimoramento e atualização da gestão pública, o Fórum Nacional de Secretarias Municipais de Administração das Capitais (Fonac) é realizado de três a quatro vezes por ano, sendo sediado a cada edição em uma capital integrante da rede.

Através do diálogo entre as peculiaridades de atribuições definidas por cada secretaria nas capitais brasileiras, o Fórum tem a responsabilidade de propor e estabelecer estratégias, modelos e padrões de gestão de pessoas, informações e recursos materiais, além do aperfeiçoamento das estruturas dos órgãos municipais e das formas de realização de serviços públicos.

SÃO LUÍS

A Prefeitura de São Luís, por meio da Semad, integra o Fórum com participações frequentes nos eventos e discussões, já tendo inclusive sido premiada pela gestão da Central de Atendimento ao Servidor (CEAT), ao conquistar o 1° lugar no Prêmio Fonac 2012, durante o 59º Fórum Nacional das Secretarias Municipais de Administração das Capitais, realizado em São Paulo.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem