agencia

Notícias

Sexta-feira, 10/08/2018 - 16h57

Prefeitura de São Luís integra Dia D de combate ao Aedes em força-tarefa na região metropolitana

Ação ocorre neste sábado (11), das 8h às 12h, na Praça Nossa Senhora de Nazaré, Cohatrac II e é resultado de parceria entre municípios da Ilha e Governo do Estado

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

 Agente de endemia realiza visita em casas do Cohatrac

Depois de uma semana de mobilização visando prevenir e combater casos de dengue e outras arboviroses, a ação conjunta, que reúne força-tarefa dos municípios da região metropolitana de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar e Governo do Estado; promove neste sábado (11), na Praça Nossa Senhora de Nazaré, Cohatrac II o dia D de mobilização. Com o tema 'Vencer o Aedes é um trabalho em equipe: junte-se a essa batalha', o Dia D será das 8h às 12h. Esta etapa da campanha é realizada pelas prefeituras de São Luís e São José de Ribamar, em parceria com o Governo do Estado e abrange bairros limítrofes aos dois municípios.

O secretário da Semus, Lula Fylho, reforça que o trabalho desenvolvido na capital tem reduzido a incidência de dengue, mas é indispensável manter a vigilância epidemiológica. Segundo o secretário, o trabalho contínuo feito pela Prefeitura de São Luís possibilitou a redução em 59% dos casos de dengue, comparando os seis primeiros meses deste ano com o mesmo período do ano passado, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), da capital.

"Com estas ações intensificadas, realizadas sob a orientação do prefeito Edivaldo, a Prefeitura conseguiu redução expressiva dos casos, mas vamos permanecer investindo nas ações de prevenção e combate nas áreas limítrofes. Dessa forma, teremos um controle efetivo e continuaremos vencendo essa guerra contra o mosquito", diz o secretário. A operação deste sábado (11) alcança moradores de nove bairros - Cohatrac I, III e IV, Jardim Primavera, Conjunto Tanguará, Jardim Araçagy, Itapiracó, Cohabiano e Trizidela - áreas limítrofes entre São Luís e São José de Ribamar que apresentaram algum índice de infestação.

Na capital, a ação é promovida, de forma articulada, entre a Semus, Comitê Gestor de Limpeza Urbana e o Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES) com os carros fumacê e da Agência Executiva Metropolitana, com as estratégias de mobilização, suporte institucional e material. Ações nos bairros pertencentes a São José de Ribamar são realizadas pela Prefeitura local, sob a coordenação dos órgãos de referência daquele município.

SAÚDE

Entre as atividades do Dia D disponibilizadas ao público estão ações de saúde com exames para detecção de problemas da visão como glaucoma, catarata e pterígio; avaliação nutricional, atendimento odontológico; e testes rápidos de HIV, Sífilise, Hepatites Virais. Na série de serviços de saúde haverá realização de teste de glicemia, aferição de pressão arterial; consultas especializadas com pediatra, ginecologista e fisioterapeuta; vacinação humana e animal; oficinas de origami, bonecas de pano, bordado e pintura em pano de prato e de desenho para crianças e idosos; além das ações de controle ao mosquito da dengue e outros vetores.

As equipes promovem ainda atividades educativas nas comunidades, visitas para identificação e tratamento de focos de infestação, inspeção em pontos estratégicos. São realizadas também abordagens sobre o armazenamento correto do lixo, estimulando a prática da coleta seletiva e destinação aos Ecopontos. "O trabalho é permanente e foi intensificado com esta semana de ações que reuniu diversos órgãos em diferentes frentes de trabalho, para controle deste vetor e suas consequências", reforçou a coordenadora Estadual das Arboviroses da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Joseneide Matos.

LIMPEZA URBANA E PAISAGISMO

Complementando as ações deste sábado (11), o Comitê Gestor de Limpeza Urbana disponibilizará caçambas para recolher entulhos volumosos - móveis e eletrodomésticos sem utilidade, restos de entulho de construção civil, poda e capina doméstica. O personagem Cidadão Limpeza também estará na ação, conversando com os moradores sobre o descarte ambientalmente adequado do lixo domiciliar e o uso adequado dos Ecopontos.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destaca a importância do combate ao mosquito em São Luís. "Esta ação é a continuidade da campanha que começou no Vinhais, em abril, e se ampliou a diversos bairros da capital, com fins a combater a proliferação do mosquito. É uma ação conjunta e de grande importância para a garantia da saúde pública na nossa cidade", reforçou.

A Prefeitura de São Luís também está levando serviços paisagísticos às avenidas, rotatórias, praças, áreas de vivência do Cohatrac. No local estão sendo executados serviços de poda de árvores, supressão de galhos e árvores mortas, remoção de erva daninha, capina e roçagem além de levantamento técnico dos exemplares que apresentam alterações.

A Avenida Leste Oeste e Avenida Cinco, que liga a Cohab ao Cohatrac foram alguns dos locais que receberam os serviços paisagísticos realizados por meio do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur).

ESTRATÉGIAS

A ação intensificada iniciou na segunda-feira (6) e ao longo da semana, a Prefeitura de São Luís fez o recolhimento de bagulho volumoso e promoveu inspeção, tratamento mecânico e com larvicida, nos focos do mosquito em pontos mapeados para vistorias - oficinas, borracharias, ferros-velhos, sucatões.

Também foram realizadas atividades na área da educação em saúde nas escolas dos bairros atendidos, com palestra sobre prevenção e controle das arboviroses – dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela. Vacinação humana com disponibilizadas contra tétano, hepatite B, tríplice viral, febre amarela, influenza para os prioritários da campanha, meningite na faixa etária de 11 a 14 anos e de HPV para as meninas de nove a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Ainda, distribuição de preservativos e vacinação canina. Orientação nas visitas domiciliares com distribuição de panfletos, cartazes e demonstração de banners educativos.

O trabalho atende ainda escolas destes municípios, onde os agentes informam sobre medidas preventivas a serem adotadas para evitar a formação de criadouros do mosquito transmissor da dengue. A programação contou ainda com ações de saúde ambiental e apresentação do Teatro de Bonecos das Arboviroses levados às escolas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem