agencia

Notícias

Sábado, 22/12/2018 - 08h51

Prefeitura oferece oficina de Futsal do Mais Educação a alunos da rede municipal de ensino

A U.I. Aquiles Lisboa também conta com oficinas de Capoeira e Artes Plásticas, além de um trabalho de fortalecimento da leitura e escrita

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

O trabalho do facilitador envolve turmas mistas de meninos e meninas do Ensino Fundamental, na faixa etária dos 7 aos 17 anos

A prática do Futsal reúne mais de 80 estudantes semanalmente na oficina realizada pelo professor Domingos Frazão, na escola municipalizada Unidade Integrada (U.I.) Aquiles Lisboa, localizada no bairro Vila Nova, na área Itaqui-Bacanga. O trabalho do facilitador é parte das ações do Programa Mais Educação e Novo Mais Educação, do Governo Federal, desenvolvido em São Luís pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A ação soma-se ao trabalho que vem sendo desenvolvido na gestão do prefeito Edivaldo para melhoria da qualidade do ensino. 

As aulas de Futsal acontecem três vezes por semana para cada uma das quatro turmas do professor Domingos Frazão, sendo duas turmas pela manhã e duas pela tarde. O trabalho do facilitador envolve turmas mistas de meninos e meninas do Ensino Fundamental, na faixa etária dos 7 aos 17 anos. A U.I. Aquiles Lisboa também conta com oficinas de Capoeira e Artes Plásticas, além de um trabalho de fortalecimento da leitura e escrita, por meio da oficina de Letramento e Alfabetização do Programa Mais Educação.

As ações desenvolvidas pelos dois programas, tanto o Mais Educação quanto o Novo Mais Educação, têm o propósito de incentivar a participação dos estudantes da Rede Pública de São Luís em atividades lúdicas, recreativas e educativas, que despertem o seu interesse pelo aprendizado, contribuindo para sua permanência em sala de aula e para o seu pleno desenvolvimento – físico, psíquico e emocional.

"As oficinas do Mais Educação, realizadas em dezenas de escolas da Rede, cooperam para o fortalecimento da Educação Integral e Inclusiva. E, concomitantemente às ações do Programa 'Educar Mais, Juntos no Direito de Aprender', da Prefeitura de São Luís, têm mudado a realidade das nossas escolas", declara Moacir Feitosa, titular da Semed.

O professor Domingos Frazão iniciou há cerca de quatro meses as aulas de Futsal na U.I. Aquiles Lisboa. "É a primeira vez que trabalho com esse tipo de projeto em escolas da rede. Mas tenho visto que o meu trabalho tem contribuído para uma maior participação e aproveitamento dos estudantes também nas demais disciplinas, como matemática ou português", assinala o facilitador.

A metodologia aplicada nas aulas diz respeito tanto à parte prática quanto teórica. Domingos Frazão explica que são apresentadas às turmas, no quesito teoria, questões como regras do jogo e a disciplina de como se comportar durante os jogos. No que diz respeito à parte prática, são fortalecidas questões como alongamento muscular, tática e técnica do esporte, além do complemento da própria prática, atribuída a todos os participantes.

A estudante do 6º ano na U.I. Aquiles Lisboa, Leany Silva Carvalho, 11 anos, destacou: "Eu estou gostando bastante das atividades. Eu sempre gostei de jogar futebol. No começo, eu pensei que seria apenas teoria, em sala de aula, mas quando fomos fazer as atividades com a bola, acabei me interessando ainda mais, e percebi que os meus colegas também estavam muito animados. Temos aproveitado bastante todas as aulas", disse.

Paula Ribeiro Pantoja da Silva, estudante do 9º ano, conta que no início nem todas as meninas da sua turma acharam legal a ideia de fazer Futsal, mas aos poucos se integraram às aulas. "Eu acho muito legal, porque nós vamos aprendendo enquanto praticamos. Nem todas as meninas gostaram muito do Futsal no começo, mas é legal ver que hoje a grande maioria participa e gosta de praticar essa atividade. Eu sempre gostei e tomara que as aulas continuem nos próximos anos", comentou.

A gestora da U.I Aquiles Lisboa, Deuria de Deus, afirma que a frequência dos estudantes tem melhorado ao longo dos meses, desde que as oficinas de Futsal e também de Artes Plásticas e Capoeira tiveram início. "Percebo melhoria nas mais diversas áreas. Existe uma empolgação por parte de todos. Alguns pais também acompanham seus filhos na prática do esporte o que é muito importante para o desenvolvimento das crianças", finalizou a gestora Deuria de Deus.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem