agencia

Notícias

Sexta-feira, 18/01/2019 - 15h10

Reformado pela gestão do prefeito Edivaldo Centro de Testagem do Anil amplia atendimento à população

Um mês após a reinauguração, já foram realizados no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do Anil cerca de 2.500 atendimentos, reforçando o compromisso da gestão do prefeito Edivaldo com as políticas de atenção à saúde no município

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Centro de Testagem e Aconselhamento do Anil foi totalmente reformado pela gestão do prefeito Edivaldo Um mês após a entrega do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) do Anil completamente reformado na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o trabalho de combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/HIV/AIDS), na capital, contabiliza avanços no atendimento às pessoas que buscam pelo serviço. Nos primeiros 30 dias após a reinauguração do espaço, o CTA Anil realizou cerca de 2.500 atendimentos, reforçando o compromisso da gestão com as políticas de atenção à saúde no município. O Centro realiza exames, diagnóstico e tratamento Pós-Exposição de Risco (PEP), uma medida preventiva de urgência à infecção pelo HIV, hepatites virais e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Para o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, o expressivo número de exames realizados nesse período reflete a melhoria do serviço e o aumento na busca pela prevenção dessas doenças. "Com a reforma, na qual a Prefeitura de São Luís realizou investimentos significativos na melhoria da estrutura e aprimoramento do atendimento, o CTA do Anil ganhou um novo fôlego e está apto para atender à comunidade de forma cada vez mais qualificada e humanizada", observou o secretário destacando que o trabalho segue orientação do prefeito Edivaldo que tem investido na melhoria da oferta de serviço à população.

Com as melhorias realizadas na estrutura do CTA do Anil, a população conta agora com espaços mais acolhedores e atendimento qualificado e capacitado para realizar mais de três mil exames por mês.

Além desse serviço, o CTA está preparando sua equipe para disponibilizar uma sala de imunização, serviço que não existia anteriormente à reforma, destinada prioritariamente às pessoas que fazem no local os exames de carga viral do HIV CD4/CD8, que vivem com HIV e AIDS. A equipe do setor está sendo capacitada para ao término da formação iniciar o serviço de imunização no espaço.

"Serão imunizadas aqui as pessoas que recebem os medicamentos para controle da doença ofertados pelo equipamento e que são acompanhados diretamente por nossa equipe multiprofissional formada por médicos, psicólogos, enfermeiros, assistentes sociais, farmacêuticos e outros", explicou a diretora do CTA Anil, Maire Valéria Nascimento.

O serviço é utilizado pelo estudante Euzébio Rodrigues, 22 anos, que busca o CTA para realizar regularmente seus exames preventivos. "Faço os meus exames todos os anos aqui, porque precisamos estar alertas a essas doenças, nos prevenir e buscar tratamento rápido se necessário. O espaço após a reforma ficou muito melhor. Além disso, a equipe toda é muito profissional e acolhedora", disse o rapaz.

As reformas estruturais que promoveram melhorias no CTA do Anil incluíram requalificação dos ambientes com novo piso, serviços nos sistemas elétricos e hidráulicas, telhado, pintura e mobiliário novo. O centro recebeu também sete novos aparelhos de ar-condicionado. A unidade de saúde conta ainda com farmácia básica. O funcionamento no Centro é de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h.

CTA LIRA

As mesmas reformas estruturais realizadas no CTA Anil foram executadas também pela Prefeitura de São Luís no CTA do Lira, entregue no início de 2018 pelo prefeito Edivaldo. A ampla reforma para melhoria da estrutura e ampliação dos serviços nessa unidade incluiu o redimensionamento de setores, troca do piso e pintura, novas dependências e ampliação da capacidade de atendimento.

Ambos os CTAs também realizam trabalhos externos de orientação sobre a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e AIDS. A ação é executada principalmente junto ao público considerado com comportamento de risco e nos locais de grande circulação de pessoas, como praças, terminais de integração, escolas, igrejas, entre outros espaços, além de empresas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem