agencia

Notícias

Segunda-feira, 25/03/2019 - 08h38

Escola de Governo da Prefeitura prepara calendário de cursos que serão ofertados em nova sede

Sob orientação do prefeito Edivaldo, EGGEM amplia cursos e atendimento a servidores com o objetivo de capacitar para melhor atendimento à população

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Fachada das novas instalações da Escola de Governo e Gestão Municipal da Prefeitura de São Luís A Escola de Governo e Gestão Municipal de São Luís (EGGEM), vinculada à Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), ingressa em nova fase neste semestre, funcionando em novas instalações adequadas à sua missão e ampliando sua clientela de atendimento com mais cursos e estratégias direcionadas para qualificar a mão de obra vinculada à estrutura administrativa municipal. Criada em 2005 por Lei Municipal nº 4.497, a escola tem recebido constantes investimentos da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

A nova estrutura é formada por cinco salas de aulas climatizadas, laboratório de informática com 20 computadores e acesso à internet, área de convivência, biblioteca com acervo renovado, auditório com capacidade para 80 pessoas, salas administrativas, copa e cozinha, almoxarifado, depósito, banheiros e estacionamento. Ao investir na qualificação dos servidores a gestão do prefeito Edivaldo imprime mais qualidade aos serviços ofertados à população. 

Na programação de eventos pacotes de cursos de formação digital, língua estrangeira e Língua Brasileira de Sinais (Libras). Neste arco de opções também estão programados encontros temáticos, sempre às sextas-feiras, abordando temas pré-estabelecidos em demandas, iniciativas inovadoras como o word café, voltadas exclusivamente para gestores, e a utilização da unidade móvel de capacitação digital.

Entre 2013 e 2018, a EGGEM capacitou milhares de servidores. O investimento na qualificação do servidor vem se refletindo diretamente em seu desempenho e atendimento do público. "A capacitação do servidor é uma ação que tem sido priorizada pela gestão do prefeito Edivaldo. O prefeito Edivaldo fez esta opção desde o primeiro mandato, para consolidar a política de valorização do servidor público municipal", assinala a diretora da Escola, Maria Eugênia Barros. 

As novas instalações, em prédio localizado no Jardim Renascença (rua das Sucupiras, 27-Quadra 49), permitirão o atendimento de até 400 pessoas nos dois dois turnos de funcionamento da escola. Para ampliar ainda mais o atendimento, a EGGEM conta agora com uma unidade móvel com equipamentos e pessoal, permitindo a realização de oficinas itinerantes. A partir de abril, esta unidade, que funciona em um carro adaptado, será deslocada para uma programação itinerante nas escolas da rede pública municipal. 

Além dos cursos que são oferecidos em sua grade, a EGGEM possui outras ações. Uma dessas é denominada demanda específica. "Por exemplo, um servidor de determinada secretaria deseja se inteirar sobre um assunto que contribuirá para melhorar seu desempenho, certamente que encontrará espaço dentro da grade de cursos da Escola, desde que o órgão se responsabilize por encaminhar o servidor, para assim fecharmos um turma", salienta a diretora.

A programação da EGGEM é elaborada semestralmente para ser aplicada durante o prazo de três meses. As demandas específicas são encaminhas pelos secretários a partir da mobilização dos agentes. Cada secretaria conta com pelo menos dois agentes instalados em sua estrutura, sendo um titular e suplente. Entre os servidores que receberam treinamento da EGGEM, a diretora Maria Eugênia cita o pessoal do Diário Oficial. Depois de receberem treinamento, a peça oficial passou a apresentar maior qualidade. "Hoje o Diário Oficial está com uma formatação moderna. Qualquer uma pessoa que entrar no site perceberá a qualificação profissional empregada", ressalta a diretora.

NOVA ESTRUTURA

Com novos equipamentos e salas adequadas e confortáveis para receber os servidores, a EGGEM apresenta condições favoráveis para multiplicar resultados. As novas instalações vão permitir a troca de experiências entre funcionários, que a diretora Maria Eugênia aponta como de extraordinária importância na obtenção de mais qualificação para o desempenho de funções.

 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem