agencia

Notícias

Sexta-feira, 26/04/2019 - 09h02

Políticas públicas são debatidas durante 12ª Conferência Municipal de Saúde promovida pela Prefeitura de São Luís

Evento que começou na quinta (25) e prossegue até esta sexta (26) na UFMA, reúne representantes do poder público, trabalhadores na área de saúde e membros de movimentos sociais bem como o Conselho Municipal de Saúde

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Políticas públicas são debatidas durante 12ª Conferência Municipal de Saúde promovida pela Prefeitura de São LuísCom o tema "Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS", a Prefeitura de São Luís e o Conselho Municipal de Saúde dão prosseguimento nesta sexta (26), à 12ª Conferência Municipal de Saúde. O vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, representou o prefeito Edivaldo Holanda Junior na abertura do evento, que aconteceu na tarde de quinta-feira (25) no auditório Paulo Freire, no Campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

A Conferência tem como objetivo avaliar as ações desenvolvidas na área de saúde e os serviços prestados à sociedade, pelo poder público, propor diretrizes para a política de saúde do município, assim como elaborar novas propostas que serão encaminhadas à Conferência Estadual, prevista para junho deste ano. O evento foi antecedido por sete pré-conferências distritais, que ouviram a sociedade, discutiram e aprovaram propostas, as quais estão sendo avaliadas nesta 12ª Conferência.

A grande preocupação dos representantes do poder público e dos segmentos sociais é com a situação política e econômica do país, que tem reflexos diretos na execução das políticas públicas municipais. "Há queda dos recursos públicos. Se opera com déficit, fazendo muito planejamento para atender o que é fundamental para a população, para ampliar a capacidade das redes de saúde. O secretário Lula Fylho e o prefeito Edivaldo têm buscado, com muito afinco, o empenho das equipes, dos gestores, mas também é importante a participação da sociedade nessa grande cruzada pelo direito à saúde", destacou o vice-prefeito, Julio Pinheiro.

RECURSOS

Para o coordenador da 12ª Conferência, Jean Marie, além da redução dos recursos para a saúde, há uma tendência nacional em acabar com a participação social na formulação das políticas públicas. "Por isso, essa conferência têm um valor histórico muito grande. Os recursos que vêm da União estão, cada vez mais, diminuindo. E a previsão não é de melhoria, não. Então nós podemos e devemos gritar pela melhoria na política de saúde, para que os recursos cheguem nos caixas da Prefeitura, porque sem dinheiro não é possível governar", ressaltou Jean.

Também participaram da solenidade de abertura da 12ª Conferência, a secretária-adjunta de Saúde, Natália Ribeiro; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Igor Oliveira; a presidente do Conselho Municipal dos Distritos de Saúde, Georgina de Assis; a vereadora Fátima Araújo, representando a Câmara Municipal; o defensor público David Veras, representando o Núcleo de Defesa da Criança e do Adolescente; a representante do Fórum de Entidades dos Usuários do SUS, Magda Gonçalves. Participam também da 12ª Conferência, prestadores de serviços na área de saúde, os trabalhadores da rede e membros de movimentos sociais.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem