agencia

Notícias

Sábado, 04/05/2019 - 11h28

Prefeitura promove Dia D Nacional de Vacinação contra Gripe como parte das estratégias de imunização na capital

Seguindo orientação do prefeito Edivaldo, postos da rede de saúde municipal, além de shoppings centers receberam neste sábado (4) público-alvo da campanha que visa imunizar contra influenza

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo promove Dia D Nacional de Vacinação contra Gripe como parte das estratégias de imunização na capitalAs salas de imunização das unidades de saúde da rede municipal de São Luís registraram grande movimentação, neste sábado (4), no Dia D Nacional de Vacinação contra a Gripe. Com a mobilização local, a Prefeitura de São Luís, por determinação do prefeito Edivaldo Holanda Junior, visa ampliar a cobertura vacinal contra a gripe influenza. Este é o segundo Dia D realizado pela gestão do prefeito Edivaldo que promoveu, em abril, ação semelhante com o Dia D Municipal. Ainda como parte da estratégia de imunização, o poder público municipal disponibiliza todas as sextas-feiras e sábados de maio, das 14h às 19h, postos volantes de vacinação em shoppings da cidade. 

O prefeito Edivaldo fez um chamamento para que o grupo prioritário participe da campanha nacional e das demais mobilizações realizadas pela Prefeitura de São Luís com esse propósito. "Estamos com toda a rede mobilizada e trabalhando para atendermos da melhor forma possível a população, garantindo assim mais saúde e qualidade de vida para essas pessoas"disse o prefeito Edivaldo observado ainda que a gripe é uma doença que pode acarretar complicações graves às pessoas principalmente as mais vulneráveis ao problema, portanto, todos têm de estar alerta porque a vacina é a única forma de amenizar as ocorrências.

A intenção é atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde de imunizar 90% de um total de 254.958 pessoas pertencentes aos grupos prioritários, até 31 de maio, quando encerra a campanha nacional. O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, acompanhou a abertura do Dia D Nacional na capital e acompanhou os trabalhos de imunização da população público-alvo, no Centro de Saúde da Cohab Anil I.

Com as diversas estratégias de mobilização contra a gripe desenvolvidas na capital, a Prefeitura de São Luis já conseguiu imunizar cerca de 57 mil pessoas pertencentes aos grupos prioritários, algo em torno de 23% da meta. "Temos ainda todo o mês de maio para atingirmos a cobertura máxima e vamos continuar executando nossas estratégias para aproximarmos os postos de vacinação das pessoas que necessitam da imunização", acrescentou Lula Fylho.

Entre as estratégias desenvolvidas na capital com esse objetivo estão a realização de Dia D Municipal Contra a Influenza (gripe) e a criação de postos volantes em escolas, creches, órgãos, shoppings e outros espaços públicos da cidade. Para reforçar a mobilização no Dia D Nacional de Vacinação contra a Gripe, neste sábado (4), a Prefeitura também disponibilizou ao público-alvo postos volantes nos shoppings centers. Tropical (Renascença), das 9h às 17h; e no São Luís (Jacarati), Rio Anil (Cohab) e Shopping da Ilha (Maranhão Novo), no horário das 14h às 19h. A iniciativa integra as ações preventivas de saúde que vêm sendo executadas na gestão do prefeito Edivaldo, visando à prevenção de doenças e garantir mais qualidade de vida à população.

PÚBLICO-ALVO

De acordo o Ministério da Saúde, o público-alvo da campanha inclui pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, populações indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Também foram incluídos como público-alvo nessa mobilização, policiais civis e militares.

O idoso Raimundo Nonato Pereira da Costa, 75 anos, ostenta com orgulho a carteira de vacinação totalmente marcada pela qualidade de vezes que se imunizou contra a gripe e outras doenças. "Com a idade avançada temos que ter muito mais atenção ainda aos cuidados com nossa saúde e a vacinação contra a gripe é essencial porque a doença pode desencadear outra complicações mais graves na nossa idade', disse.

Também preocupado com a evolução de problemas respiratórios que a gripe pode ocasionar, o idoso José Clodoaldo Ferreira Lima, 65 anos, não descuida da sua imunização. "Eu tomo a vacina contra a gripe desde o quando incluíram esta vacinação no calendário anual. Antes eu gripava demais, mas hoje acontece muito raramente e mesmo quando ocorre os sintomas são bem fracos e não me afeta tanto", observou ele.

Grávida de seis meses, Rayane Paula Sousa Coqueiro, 23 anos, também procurou logo cedo o posto de vacinação para se imunizar contra a gripe. "Na gestação ficamos com a imunidade mais baixa, portanto, muito mais suscetíveis a adoecer. Por isso me preocupo com minha saúde, para proteger também meu bebê", observou.

Atenta à saúde do filho, a dona de casa Sueyla Pacheco levou o pequeno Pedro Lucas, 2 anos, para tomar a dose das vacina. "Criança gripa muito e isso torna um grande problema para eles e para nós, pais, que convivemos com elas diariamente. Por isso, mesmo parecendo algo simples, não podemos descuidar dessa doença porque a gripe se agrava facilmente para problemas respiratórios mais complicados, principalmente em crianças e idosos", disse.

O mesmo pensamento tem  a dona de casa Marcela Diniz, que levou o filho Marcelo Stéfano, 4 anos, para se imunizar. "Qualquer forma de prevenção de doenças é importante. E se temos a oportunidade de proteger nossos filhos de problemas ocasionados pela gripe, não devemos protelar. Assim ficamos tranquilos de que fizemos a coisa certa pelo bem deles", frisou ela.  

AÇÕES

A gestão do prefeito Edivaldo tem trabalhado com diferentes estratégias para atingir a meta da vacinação. Assim como os Dias D Municipal e Nacional, outras estratégias estão sendo adotadas para alcançar o público-alvo da campanha. A divulgação em massa nos canais de comunicação e mídias sociais e a instalação de postos nos grandes shoppings da cidade são algumas delas. A Prefeitura também realiza vacinação em escolas municipais voltada para crianças dentro da faixa etária prevista pela campanha.

A gripe é responsável atualmente por grande parte das internações hospitalares. A febre é um dos sintomas mais evidentes e comuns da enfermidade e dura, normalmente, em torno de três dias. Além deste sintoma, a gripe também pode vir acompanhada de tosse, dor de garganta e dor de cabeça.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem