agencia

Notícias

Domingo, 19/05/2019 - 08h26

Prefeitura de São Luís realiza workshop em reforço as ações de prevenção e valorização da vida no trânsito

Workshop 'Contextualização das Ações dos Órgãos que Atuam no Trânsito de São Luís' integra a campanha Maio Amarelo e também as atividades desenvolvidas pela gestão do prefeito Edivaldo voltadas à segurança no trânsito

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Workshop da Prefeitura reuniu órgãos que atuam no trânsito de São LuisÓrgãos que atuam no trânsito da capital maranhense participaram, nesta semana, na Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) de encontro voltado para a promoção da vida no trânsito e o planejamento de ações de prevenção de acidentes. Promovido pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, o workshop 'Contextualização das Ações dos Órgãos que Atuam no Trânsito de São Luís' integra o conjunto de atividades que vêm sendo desenvolvidas na capital durante a Campanha Maio Amarelo, movimento internacional criado para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo. Durante o workshop, investimentos realizados pelo prefeito Edivaldo foram pontuados como fundamentais para a promoção de um trânsito mais seguro na capital.

Participaram do encontro representantes de órgãos e instituições como Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran), Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual, Serviço Móvel de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Instituto de Criminalística (Icrim), Campanha SOS Vida, da Maçonaria do Maranhão, Programa Vida no Trânsito da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e Hospital Municipal Djalma Marques - Socorrão I.

O secretário adjunto da SMTT, Israel Petrus, reforçou o objetivo do encontro. "A gestão do prefeito Edivaldo tem trabalhado pela promoção de um trânsito mais seguro, com o desenvolvimento de ações como reforço na sinalização e, principalmente, de atividades educativas para prevenir a ocorrência de acidentes no trânsito. Esse é um momento importante para que possamos, em conjunto e dentro das competências de cada um, identificar onde podemos melhorar no atendimento às ocorrências, mas principalmente na prevenção dos acidentes", destacou o secretário adjunto.

Durante o worshop de integração e troca de experiências dos órgãos e instituições que atuam no trânsito na capital, além de apresentados os papéis de cada um, foram destacados os problemas, as potencialidades, as causas e as soluções que envolvem o trânsito na cidade. Como resultado do encontro, as propostas e sugestões serão sistematizadas e encaminhadas para os órgãos competentes e responsáveis pela elaboração de políticas públicas voltadas para a redução dos números de acidentes e, consequentemente, a promoção da vida do trânsito.

A coordenadora de Educação para o Trânsito (Coetran) da SMTT, Ana Léa Aranha de Carvalho, destacou a importância do debate. "O objetivo é promover a integração das ações realizadas, a fim de, juntos, focarmos na redução dos acidentes. A SMTT tem avançado bastante com os investimentos realizados pelo prefeito Edivaldo na área do trânsito, um trabalho que vem sendo potencializado com as ações na área de Educação para o Trânsito", ressaltou a coordenadora.

ESTATÍSTICAS

Entre outros dados apresentados no workshop, as estatísticas referente aos atendimentos acidente de trânsito nos anos de 2018 e 2019. Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de janeiro a dezembro de 2018 foram registrados 3.319 casos de acidentes entre tombamentos, colisões, acidente de moto, capotamento e outros. Do total de acidentes, 2.345 envolvem o público masculino, mais de 70,6% do total de acidentes registrados pelo Samu. Ainda segundo o serviço, de janeiro a abril de 2019 já foram registrados 909 acidentes.

A diretora do Samu, Priscila Barros, conta como as ações de educação para o trânsito contribuem com o trabalho. "A demanda é muito grande e as ocorrências crescem a cada dia. Então, enquanto evitamos que os acidentes no trânsito aconteçam potencializamos o trabalho do Samu, reduzindo o tempo de resposta às ocorrências. A campanha do Maio Amarelo é um momento oportuno para que essas atividades educativas e de sensibilização sejam intensificadas", enfatizou a diretora.

MAIO AMARELO

O Movimento Maio Amarelo nasce com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é promover uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem