agencia

Notícias

Terça-feira, 20/08/2019 - 15h49

Prefeito Edivaldo realiza em todas as escolas da rede o Dia D da Educação com foco na melhoria do aprendizado

Com envolvimento de pais, comunidade escolar e sociedade, foram apresentados em todas as 260 unidades da rede municipal de ensino, os resultados da avaliação realizada pela gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Gestão do prefeito Edivaldo realiza em todas as escolas da rede o Dia D da Educação Como parte das estratégias realizadas na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior visando à melhoria do processo ensino-aprendizagem dos alunos da rede municipal de ensino, a Prefeitura de São Luís promoveu, nesta terça-feira (20), o Dia D da Educação, uma grande mobilização envolvendo toda a comunidade escolar: alunos, pais, gestores, professores, servidores e todos os demais atores responsáveis pela educação das crianças matriculadas na rede. A ação, realizada simultaneamente em todas as escolas municipais, onde aconteceram atividades diversas de interação entre o público envolvido, teve como objetivo principal apresentar os resultados da aprendizagem dos alunos, a partir dos dados obtidos por meio do Sistema Municipal de Avaliação Educacional de São Luís (Simae), um método próprio de avaliação de proficiência dos estudantes, criado pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) para conhecer o nível educacional dos alunos e da realidade escolar.

"A educação não é feita exclusivamente pela escola, mas com a participação direta da família e de toda a sociedade. E essa é a ideia central do Dia D da Educação que estamos realizando, mobilizar e envolver toda a comunidade escolar em favor do desenvolvimento educacional de cada criança em particular, trazer as famílias para dentro da escola, mostrar os resultados obtidos por seus filhos e discutir juntos o que pode ser feito para que eles superem suas dificuldades e conquistem níveis cada vezes melhores na sua aprendizagem", afirmou o prefeito Edivaldo.

O Dia D da Educação mobilizou a comunidade escolar de todas as 260 unidades da rede municipal de ensino, da Educação Infantil ao Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). O encontro, que teve como tema "Socialização de Resultados das Avaliações da Educação e Planejamento de Metas", é mais uma ação da gestão do prefeito Edivaldo voltada ao fortalecimento da política educacional do município. 

Cada escola participante apresentou seus próprios resultados obtidos na avaliação municipal, visando uma discussão conjunta e localizada com sua comunidade escolar, sobre as principais dificuldades apresentadas por seus alunos e as propostas de estratégias para a solução das mesmas. Assim, cada escola desenvolveu sua própria metodologia de apresentação dos dados da avaliação, para possibilitar o amplo entendimento sobre a realidade traduzida pelos números da avaliação.

O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, destacou o Dia D da Educação como um momento de vitória, no qual se aplica na prática a ideia da participação efetiva de todos no processo ensino-aprendizagem dos alunos, com a escola aberta para receber todos os atores envolvidos em busca das soluções para a melhoria da educação dos estudantes.

"Essa é uma ação de extrema importância executada com a orientação do prefeito Edivaldo, para compartilharmos com os pais e a comunidade escolar os dados indicadores do rendimento escolar de nossos alunos. O momento nos permite avaliar conjuntamente essas informações, acompanhar o passo a passo do desempenho de cada aluno, a frequência escolar, como reforçar o processo de absorção do conhecimento, entre aspectos educacionais. A ação também é uma forma de dizer a todos que a rede educacional é deles também e que, portanto, precisam ter mais sentimento de pertencimento pela educação de seus filhos", observou Moacir Feitosa.

Ainda segundo o secretário, o diagnóstico de desempenho dos alunos obtido pelo Sistema Municipal de Avaliação Educacional de São Luís, mote do Dia D da Educação, é uma forma de acompanhar no detalhe cada aluno e obter os micros dados, para comparar com as avaliações em larga escala realizadas pelo Ministério da Educação, a exemplo do Ideb, que é um indicador de referência nacional da educação. "Com o Sistema Municipal de Avaliação, nós estamos criando o nosso próprio indicador educacional, o que nos permite comparar com os indicadores macros em nível nacional, para que, assim, possamos traçar um plano de intervenção para melhoria da aprendizagem de cada aluno avaliado, a partir da observação de suas habilidades em sala de aula, do nível de proficiência apresentado e do seu rendimento no período avaliado", frisou Moacir Feitosa.

A ação tem também como proposta elevar ainda mais os indicadores da educação básica no município, que apresentou avanços nos últimos anos, saindo de 4.1, em 2013, para 4.6 nas séries iniciais, conforme a última avaliação do Ideb.

Para o alcance de indicadores ainda mais positivos, o secretário considera fundamental o diagnóstico proporcionado pelo Sistema Municipal de Avaliação, pois os resultados garantem ao gestor escolar e ao professor as ferramentas e dados para uma intervenção mais individualizada e capaz de auxiliar na elaboração de soluções para os problemas de aprendizagem identificados em cada criança e na educação municipal como um todo.

A promotora da Educação, Luciane Belo, participou da mobilização, oportunidade na qual destacou a importância da estratégia para aproximar os pais da escola e envolver toda a comunidade escolar no processo educacional dos alunos. "É uma ação de grande relevância organizada pela Educação do município, conclamando as famílias e a sociedade a tomarem parte e ser ativos no processo educacional de seus filhos, o que é de suma importância tendo em vista que o desenvolvimento da criança não depende apenas do trabalho da escola, mas principalmente da atenção efetiva da família. Os pais que acompanham de perto a educação de suas crianças contribuem de forma positiva para que elas tenham maior interesse pela escola", afirmou a promotora da Educação.

O diretor da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Alberto Pinheiro, Leandro Pereira da Silva, destacou a importância da mobilização para melhoria de todo o processo educacional dos alunos. "É um momento no qual podemos conversar e refletir com os pais sobre a aprendizagem de seus filhos e compartilhar com eles os indicadores de proficiência apresentados por cada um deles. Dessa forma, o momento nos permite analisar juntos como superar as dificuldades apresentadas por seus filhos, traçar um plano conjunto de intervenção para a solução das problemáticas observadas e encontrar uma forma de como podem contribuir conosco para a melhoria da aprendizagem de seus filhos", disse o gestor escolar.

A dona de casa Leidiane de Nazaré Pereira, mãe da aluna Isabela Pereira, 10 anos, fez questão de deixar seus fazeres em casa para participar da mobilização. "Não podemos ficar à margem do que acontece na educação de nossos filhos. E esse momento é muito importante porque nos possibilita discutir com os professores o que podemos fazer para ajudar ainda mais nossas crianças. Se eu não sei o que fazer, a escola nos orienta como agir, e isso faz toda a diferença", disse.

Andréa Trindade, mãe da pequena Ana Luiza, 3 anos, aluna da Educação Infantil, também considerou o encontro muito positivo. "A nossa participação é fundamental no processo ensino-aprendizagem de nossos filhos. Somos exemplos para eles e se nós nos mostramos interessados por sua aprendizagem, eles se esforçaram ainda mais para aprender", comentou ela.

A professora Silvalene Silva, professora da Educação Infantil da U.E.B. Bernardino Espíndola, considerou muito positiva a participação da família na mobilização. "A presença dos pais foi além das nossas expectativas, mostrando que têm interesse com a evolução educacional de seus filhos. Aqui eles conheceram um pouco mais sobre a rotina das crianças em sala de aula, participaram das atividades e nós pudemos conversar um pouco mais sobre como podemos realizar um trabalho conjunto pelo desenvolvimento escolar de seus filhos", relatou a professora.

SOCIALIZAÇÃO E PLANEJAMENTO

O Dia D da Educação aconteceu pela primeira vez em São Luís no ano passado, a partir da necessidade de compartilhar os dados do Sistema Municipal de Avaliação Educacional (Simae/SL). Em 2018, foi realizada a fase de avaliação dos estudantes do Ensino Fundamental e EJA. Neste mesmo ano aconteceu a primeira avaliação da Educação Infantil, realizado por 93 gestores, 102 coordenadoras pedagógicas, 727 professores (as) titulares/regentes de sala, e 32 cuidadores de 95 escolas da Educação Infantil da rede municipal de ensino.

O Simae/SL faz parte do pilar Avaliação, que integra o programa Educar Mais, implantado em 2017 e tendo o primeiro diagnóstico realizado no mesmo ano com as séries de 1º, 2º, 3º, 5º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental da rede municipal, com a participação de todas as escolas municipais.

Com caráter diagnóstico, a avaliação permitiu que a Semed pudesse conhecer o nível educacional dos estudantes da rede, além de possibilitar identificar fatores que interferem na aprendizagem dos alunos e o redimensionamento de práticas em prol da melhoria na educação.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem