agencia

Notícias

Quarta-feira, 02/10/2019 - 08h26

Prefeitura de São Luís realiza avaliação para diagnosticar habilidades e competências de alunos da rede municipal

Com a avaliação a gestão do prefeito Edivaldo espera conhecer melhor o nível educacional dos estudantes; resultado será usado para planejar ações pedagógicas de fortalecimento do ensino e aprendizagem

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís promove avaliação para diagnosticar habilidades e competências de alunos da rede municipalOs estudantes da rede pública de ensino de São Luís participaram, nesta terça-feira (1º), da Avaliação Formativa: Avalia São Luís. A ação faz parte do Sistema Municipal de Avaliação Educacional de São Luís de São Luís (Simae), implantado pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior a partir do programa Educar Mais. O objetivo é conhecer o nível educacional dos estudantes municipais, além de consolidar uma cultura de avaliação na rede pública de ensino.

O Simae é composto por três etapas: a Diagnóstica, realizada em 2017; a Somativa, realizada em 2018 e agora em 2019, a Formativa. Participaram desta etapa 13.502 mil estudantes de 321 turmas do 5ª ano e 159 turmas do 9º ano.

“A Avalia São Luís é uma avaliação formativa porque está acontecendo durante o processo de ensino e aprendizagem. Estamos fazendo esse grande diagnóstico para verificar quais as competências e habilidades os estudantes já consolidaram e quais aquelas que eles ainda estão em desenvolvimento para que possamos replanejar e intensificar de forma que até o final do ano letivo eles possam fortalecer as habilidades básicas do ano que eles estão concluindo”, afirmou o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

As avaliações educacionais do Simae têm como objetivo conhecer o nível educacional dos estudantes da rede, além de consolidar uma cultura de avaliação na rede pública de ensino, baseada em princípios fundamentais, tais como descentralização, gestão participativa e formação continuada, que vão permitir a elevação da qualidade educacional, construída na coletividade e demarcada por indicadores educacionais bem definidos.

INTERVENÇÕES

Nesta etapa serão avaliadas as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, com questões de múltipla escolha a partir da matriz de referência do Simae. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) fará a tabulação dos dados em planilhas e a partir dos resultados os professores poderão realizar intervenções pedagógicas.

“Os professores terão acesso aos resultados imediatamente e já na quarta-feira (2), recebem o gabarito e podem corrigir e verificar o desempenho individual e das turmas.  A partir dessa avaliação vai haver todo o replanejamento da escola, uma utilização pedagógica desses resultados que servirão de subsídio para o planejamento. Os professores poderão intensificar atividades naquilo que os alunos precisam aprender E que ainda não aprenderam”, explicou a coordenadora do Simae, Vera Pires.

Para a professora de Língua Portuguesa da U.E.B Alberto Pinheiro, Walquíria Cordeiro, a avaliação apontará caminhos que o professor deve seguir para efetivar a aprendizagem do aluno. “Quando você recebe o feedback tem como avaliar qual é a demanda do aluno e qual conteúdo precisa ser trabalhado com mais frequência. O nosso planejamento é flexível, então baseado nesses dados podemos fazer a aplicabilidade do conteúdo”, afirmou.

A professora de Matemática, Cynara Lopes, também da U.E.B Alberto Pinheiro complementa:  “A partir do resultado, onde eles tiveram mais dificuldade, a gente vai trabalhar mais aquele conteúdo. Um exemplo disso é o resultado da avaliação nacional Prova Brasil que apontou que os alunos tiveram maior dificuldade em geometria, então nós intensificamos as aulas sobre esse conteúdo e já percebemos melhorias entre os estudantes”.

De acordo com a coordenadora do Simae, Vera Pires, a avaliação teve excelente participação dos estudantes, o que demonstra o engajamento das escolas e o desenvolvimento da cultura avaliativa na rede municipal. “Avaliamos de forma positiva a participação dos estudantes. É possível identificar o quanto as escolas têm avançado no sentido de construir a cultura avaliativa e na compreensão desta ferramenta de gestão pedagógica que contribui para garantia da efetiva aprendizagem do estudante”, afirmou a coordenadora Vera Pires.

Ainda neste mês, no dia 21 de outubro, será realizada a avaliação nacional do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Até lá os estudantes serão preparados a partir dos resultados da Avalia.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem