agencia

Notícias

Quinta-feira, 17/10/2019 - 16h12

Aluna do programa Dançando e Educando viaja com apoio da gestão do prefeito Edivaldo para seleção nacional da Escola Bolshoi

Rebeca Santos Nascimento, de 8 anos, participará de seletiva em Joinville, em Santa Catarina, entre os dias 18 e 20 de outubro; ela é aluna da rede municipal de ensino e integra o programa pioneiro da gestão do prefeito Edivaldo

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Aluna do Dançando e Educando viaja com apoio da gestão do prefeito Edivaldo para seleção da Escola BolshoiCom apoio da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, a aluna do programa Dançando e Educando, da Prefeitura de São Luís, Rebeca Santos Nascimento, de 8 anos, embarcou em companhia de sua mãe, Clarissa Alves Santos, nesta quinta-feira (17), para participar da seleção nacional da Escola Bolshoi no Brasil. O programa é uma iniciativa pioneira da gestão do prefeito Edivaldo, e a ida de Rebecca para a cidade de Joinville, em Santa Catarina, onde acontece a etapa nacional da seleção, entre os dias 18 e 20 de outubro, está sendo garantida pelo poder público municipal. A estudante foi aprovada em pré-seleção realizada no mês de junho em São Luís.

A primeira-dama e coordenadora do programa Dançando e Educando, Camila Holanda, destaca o apoio do poder público municipal às crianças que participam da iniciativa. “Através do apoio à Rebeca, a gestão do prefeito Edivaldo demonstra toda a sua atenção às meninas desse programa, que é pioneiro em São Luís. Esta é uma iniciativa que tem transformado a vida de muitas crianças de escolas da rede municipal, dando a elas a oportunidade de poder realizar o sonho de ser uma bailarina”, disse a primeira-dama.        

Rebeca é aluna da U.E.B. Professor Rubem Teixeira Goulart, da rede municipal de ensino. Com outras alunas que são beneficiadas pelo programa Dançando e Educando, a estudante aprende não só passos de ballet, como também lições que a inspiram a superar os desafios, além de desenvolver valores como responsabilidade, confiança e disciplina. Foi com todo o potencial desenvolvido em Rebeca através do programa e com o biotipo considerado diferenciado, que a estudante foi aprovada na pré-seleção realizada no Teatro Artur Azevedo pela Escola Bolshoi no Brasil.

A Escola Bolshoi no Brasil realiza todo ano a seleção de novos talentos para ingresso nos cursos básico e técnico de dança clássica. As etapas da pré-seleção são eliminatórias e consecutivas. Durante a pré-seleção os candidatos nascidos de 2001 a 2007 passaram por uma aula de ballet e os candidatos nascidos de 2008 a 2010, como a Rebeca, passaram por alguns exercícios com intuito de analisar o potencial do candidato a se desenvolver no método aplicado pela escola. Os candidatos com maior potencial foram indicados a participar da seleção com concorrentes de todo o país, entre os dias 18 e 20 de outubro, na sede da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, em Joinville (SC).

Rebeca participará da seleção para novos alunos da escola, que consiste em duas etapas: a médico-fisioterápica, quando fisioterapeutas, médicos e professores de educação física analisam postura, estrutura e habilidades físicas, motoras, frequência cardíaca e respiratória, percentual de massa corpórea e somatotipo (técnica de classificação corporal), força, musculatura e articulações. A segunda é a artístico-musical e cognitiva, quando profissionais da dança, músicos e professores avaliam as habilidades técnicas e artísticas, musicalidade, projeção cênica e também o desempenho intelectual dos candidatos.

“Ela faz ballet porque gosta e está muito ansiosa para a seleção. Estamos muitos felizes com a oportunidade de participar da seleção de uma das maiores escolas de ballet do mundo”, disse Clarissa Alves Santos, mãe de Rebeca. "Estou emocionada e muito feliz. Gosto muito de dançar e de fazer as aulas de ballet, me sinto alegre e animada”, contou Rebeca.

DANÇANDO E EDUCANDO

O programa Dançando e Educando foi criado pela gestão do prefeito Edivaldo há mais de três anos e proporciona o ensino do ballet clássico a estudantes da rede pública municipal. Todo fardamento e demais acessórios - collant, sapatilha e meia - são garantidos gratuitamente pela Prefeitura de São Luís às alunas.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem