agencia

Notícias

Sábado, 09/11/2019 - 07h17

Projeto Prefeito Criança 2019 realiza formação sobre cidadania voltada para educadores e alunos das escolas participantes

A capacitação, que prevê encontros bimestrais vai abordar ainda temas voltados para artes, educação, meio ambiente, saúde, cultura, entre outras; com a ação, a gestão do prefeito Edivaldo tem como objetivo despertar a consciência política e social das crianças e adolescentes

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Projeto Prefeito Criança 2019 realiza formação voltada para educadores e alunos das escolas participantesEstudantes, gestores e coordenadores pedagógicos das escolas da rede municipal de São Luís que participam este ano da segunda edição do projeto Prefeito Criança, bem como o prefeito e o vice-prefeito criança eleitos no último dia 17 de outubro, participaram, nesta sexta-feira (8), da primeira formação, com temáticas voltadas para a cidadania. A capacitação, que prevê encontros bimestrais vai abordar ainda temas voltados para artes, educação, meio ambiente, saúde, cultura, entre outras. O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (semed), com parceria do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão. Com a ação, a gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior tem como principal objetivo despertar a consciência política e social das crianças e adolescentes da rede pública municipal, além de incentivá-las a conhecerem os trabalhos dos poderes Legislativo e Executivo.

Os alunos Victor Cazuza Silva e Lucas Silva, da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Ana Lúcia Chaves Fecury, foram eleitos prefeito e vice-prefeito criança, respectivamente, com o projeto "Lugar de Comida é no Prato, Não no Lixo!", que visa sensibilizar a comunidade escolar, por meio de ações socioeducativas, sobre a importância de se evitar o desperdício de alimentos, bem como desenvolver os 3Rs da sustentabilidade (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

Antes do início da formação, os participantes foram recebidos pelo secretário da Semed Moacir Feitosa. O gestor deu aos estudantes uma palavra de incentivo à leitura, destacando o papel do prefeito e do vice-prefeito Criança, eleitos por cada uma das cinco escolas participantes, na liderança do processo de estímulo à leitura dentro do ambiente escolar. Para Moacir Feitosa, a posição ocupada atualmente pelas crianças dão a eles também as responsabilidades do cargo, como representantes dos estudantes e das escolas da rede.

“Aproveitem este momento como prefeito e vice-prefeito criança; sejam mais felizes, mais saudáveis; brinquem mais e estudem mais. Sejam referências em suas escolas. Saibam que a Educação só faz sentido se for para a vida. Por isso, liderem e contribuam para a garantia da cidadania a todas as crianças”, discorreu Moacir Feitosa.

A coordenadora do projeto Prefeito Criança em São Luís, Maria Alice Bogéa Praseres, conduziu a formação inicial. O momento também foi para planejar algumas ações a serem desenvolvidas durante o mandato dos atuais prefeito e vice-prefeito Criança de São Luís.

ESTUDANTES

Além dos estudantes da U.E.B. Ana Lúcia Chaves Fecury, participaram do 2º turno das eleições, no dia 17 de outubro, defendendo seus projetos educacionais, alunos das escolas Menino Jesus de Praga (projeto Educação Ambiental e Cidadania: valorização do espaço escolar), Maria Rocha (projeto Uso das Tecnologias da Informação na Aprendizagem), Maria José Vaz dos Santos (projeto Emoções e Sentimentos: conhecendo para conviver melhor), e Galileu Clementino Ramos (projeto Revisitando a nossa Biblioteca). Vitor Cazuza e Lucas Silva, da Ana Lúcia Chaves Fecury, apresentaram o projeto vencedor “Lugar de comida é no prato, não no lixo”.

A gestora da U.E.B. Ana Lúcia Chaves Fecury, Sebastiana Silva Gomes, disse que todos os alunos da escola ficaram extremamente felizes e muito animados com o projeto Prefeito Criança e que essa iniciativa contagiou todo o ambiente estudantil. “Foi maravilhoso o convite para participar do Prefeito Criança, toda equipe da escola se mobilizou para concorrer e os meninos acabaram ganhando. Isso é muito bom até para as outras crianças terem um exemplo, para dar empoderamento a todos os estudantes. Desde 2018, ainda nas eleições, todos da escola já chamavam os meninos de prefeito e vice-prefeito”, conta a gestora.

A técnica da Semed, Conceição de Maria Figueiredo Moura, que acompanha as ações do projeto, afirma que um dos principais objetivos é desenvolver a autonomia, o protagonismo e a liderança entre os alunos. “Para que eles sejam exemplo e referência para os seus colegas de classe e demais alunos das escolas”, acrescentou.

Vitor Cazuza diz que está muito feliz com o título e afirmou que dará o melhor de si para representar sua escola e os estudantes. Da mesma forma, o vice, Lucas Silva, garantiu que se esforçará para representar bem sua escola. “Está sendo muito gratificante participar de tudo isso. Agradeço à Semed e aos nossos professores por todo o apoio e orientação. Sei que teremos altos e baixos, mas estamos aqui prontos a enfrentar todos os obstáculos”, disse Lucas Silva.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem