agencia

Notícias

Quinta-feira, 28/11/2019 - 18h30

Prefeitura de São Luís participa do 19º Fórum de Governadores da Amazônia Legal

Vice-prefeito Julio Pinheiro representou o prefeito Edivaldo no evento que reuniu os estados do Amapá, Rondônia, Roraima, Amazonas, Acre, Pará, Tocantins, Mato Grosso e parte dos municípios do Maranhão

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís participa do 19º Fórum de Governadores da Amazônia LegalRepresentando o prefeito Edivaldo Holanda Junior, o vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, participou do encerramento do 19º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, realizado na capital maranhense, no Palácio dos Leões. O governador Flávio Dino recebeu os governadores da região, composta pelos estados do Amapá, Rondônia, Roraima, Amazonas, Acre, Pará, Tocantins, Mato Grosso e parte dos municípios do Maranhão.

Na ocasião, foi divulgada e assinada a Carta de São Luís, documento elaborado pelos governadores que define metas e reafirma o compromisso dos gestores com relação à preservação do meio ambiente, redução das temperaturas climáticas e com o desenvolvimento econômico e sustentável da região.

“Temos feito a longo prazo uma redução expressiva do desmatamento, na devastação da floresta amazônica e a questão central é como isso vai ser valorizado, internacionalmente, mediante uma série de mecanismos que nós colocamos no documento, como por exemplo o mecanismo REDD+, o pagamento de serviços ambientais, o reconhecimento de crédito derivados da mitigação de desmatamento da Amazônia, para que tenhamos condições para prover desenvolvimento social para o povo, preservar as atividades produtivas e garantir que, mediante os serviços ambientais que a Amazônia já faz, como nas unidades de conservação, nas terras indígenas, nas florestas, que são mantidos em razão da reserva legal, haja o aporte de recursos, com esses mecanismos que devem ser regulados nos termos do artigo 6º do Acordo de Paris”, disse o governador Flávio Dino.

Para o vice-prefeito de São Luís, Julio Pinheiro, a união dos governadores é uma ação importante para a proteção da Amazônia Legal. “É mais um consórcio para fortalecer as relações administrativas, políticas, de defesa e proteção desse grande patrimônio econômico e ecológico que é a Amazônia. Isso sugere, evidentemente, esforços institucionais para que essa região avance em tratados e pactos que protejam os povos da floresta e também avance na perspectiva de garantir que se integre cada vez mais ações de cooperação dos estados da região para o seu desenvolvimento sustentável”, destacou o vice-prefeito.

Segundo o governador do Amapá, Waldez Góes, que preside o Consórcio de Governadores da Amazônia Leal, foram feitas importantes deliberações para a agenda ambiental e a de gestão administrativa. “Foi um dia muito importante, sendo a última reunião anual do Consórcio e do Fórum, porque conseguimos alinhar a participação conjunta da Amazônia Legal com o Governo Federal na COP 25, onde teremos uma participação de quatro dias, uma agenda forte na parte ambiental, do clima, dos compromissos que nós temos em termos de Amazônia”, avaliou Waldez.

A COP 25 é a Conferência Internacional Sobre o Clima, realizada pela Organização das Nacões Unidas (ONU), e que, este ano, será realizada na Espanha, entre os dias 2 e 13 de dezembro. Por ocasião da COP, os estados signatários da “Carta de São Luís” irão apresentar e discutir suas propostas com relação ao meio ambiente com a comunidade internacional, os compromissos dos estados da Amazônia Legal com a questão climática, assim como as possibilidades de investimentos para projetos de economia da região com baixas emissões de gases de efeito estufa.

Além de objetivar o debate internacional, no documento, os governadores reiteram a urgência na retomada do Fundo Amazônia, junto ao Governo Federal, outro instrumento que os gestores consideram como uma das principais fontes de pagamento por resultados para o fortalecimento dos estados da Amazônia na gestão ambiental.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem