agencia

Notícias

Segunda-feira, 23/12/2019 - 08h37

Feirinha São Luís comemora título da Unesco que reconhece o Bumba meu boi como patrimônio imaterial da humanidade

As principais atrações desta edição da feirinha, um programa da gestão do prefeito Edivaldo, foram a Companhia Barrica e o Boi de Axixá, do sotaque de orquestra

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Feirinha São Luís comemora título da Unesco que reconhece o Bumba meu boi como patrimônio imaterial da humanidade

A Prefeitura de São Luís realizou no último domingo (22) uma edição especial da Feirinha São Luís. A feirinha deste fim de semana comemorou a eleição pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) do complexo do Bumba meu boi como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. A eleição ocorreu durante reunião da Unesco em Bogotá (Colômbia) em 10 de dezembro. A programação atraiu um público ainda maior que nos domingos anteriores enchendo de muita alegria toda a área da praça Benedito Leite e Pedro II onde acontece todos os domingos a feirinha promovida pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior 

As principais atrações desta edição no evento organizado pela Secretaria Municipal de Abastecimento, Pesca e Agricultura (Semapa), que acontece aos domingos na Praça Benedito Leite, no centro histórico da cidade foram a Companhia Barrica e o Boi de Axixá, do sotaque de orquestra.

Segundo o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, o reconhecimento do Bumba meu boi pela Unesco fortalece a cultura popular do estado. “Este título veio na hora certa, no momento em que São Luís está revitalizando a parte histórica da cidade com ações e atrações. Também é muito importante para a Feirinha que é um instrumento de resgate e reocupação do Centro Histórico”, assinalou Ivaldo.

Para o superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Maurício Itapary, o reconhecimento da Unesco confere maior importância ao complexo do Bumba meu boi por colocá-lo em um patamar de maior visibilidade. “O Bumba meu boi reúne vários elementos, como dança, música, brincadeira, artes cênicas. Temos ainda a questão do sincretismo religioso, devoção aos santos, culturas de matrizes africanas e lendas urbanas. Ou seja, o Bumba meu boi merece esse reconhecimento pela universalidade e excepcionalidade desta manifestação”, afirmou Itapary.

A cada edição, a Feirinha São Luís se consolida como espaço de convergência de públicos variados, sobressaindo os turistas, que têm oportunidade de conhecer legítimas expressões culturais maranhenses que integram a programação de shows. Além das atrações das cultura popular e artísticas, a feira oferece ao público produtos da agricultura familiar, artesanato e cardápio da gastronomia maranhense, regional e do universo.

O jornalista suíço Jonas Stelly, pela segunda vez em São Luís, teve seu primeiro contato com o folclore maranhense na Feirinha São Luís. “Foi a primeira vez que assisti à apresentação de um grupo folclórico no Maranhão. Achei fantástico”, disse o turista europeu.

REVITALIZAÇÃO

O programa Feirinha São Luís foi idealizado como mais uma ação da Prefeitura no sentido de revitalizar o centro histórico e soma-se a outras iniciativas como o programa Reviva Centro, um leque de atividades que inclui o Passeio Serenata, ganhador do Prêmio de Turismo do Maranhão na categoria município, o Roteiro Reggae e o Arte na Praça.

Na gestão do prefeito Edivaldo, a reocupação do centro histórico tem norteado diversas ações e atividades. Dentre as ações mais destacáveis está a requalificação do Complexo Deodoro, da Rua Grande e da Praça Pedro II, realizada pelo IPHAN em parceria com a Prefeitura, além de outras que estão em andamento como a reforma do Parque do Bom Menino, Praça da Bíblia, Praça da Saudade e Praça da Misericórdia.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem