agencia

Notícias

Sexta-feira, 14/02/2020 - 14h26

Com obra na barragem do Batatã, prefeito Edivaldo evita rompimento do reservatório e desabastecimento de água em parte da cidade

Os serviços integram o programa São Luís em Obras e estão em fase de acabamento; O reservatório, situado no Parque Estadual do Bacanga, é responsável pelo abastecimento de cerca de 30% da população de São Luís

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeito Edivaldo realiza obras na barragem do Batatã para garantir abastecimento de qualidade para a populaçãoO prefeito Edivaldo Holanda Junior vistoriou, na manhã desta sexta-feira (14), mais uma frente de trabalho do programa São Luís em Obras: a recuperação da barragem do Batatã. O reservatório de água potável, situado no Parque Estadual do Bacanga, é responsável pelo abastecimento de cerca de 30% da população de São Luís e corria risco de rompimento caso não fossem feitos reparos urgentes. O reservatório integra o Sistema Produtor Sacavém, que abastece cerca de 50 bairros de São Luís. A intervenção tem por objetivo revitalizar a infraestrutura hídrica do reservatório, garantindo melhorias e conservação da barragem, evitando transtornos à população de São Luís.

Durante a vistoria, o prefeito Edivaldo destacou a importância da recuperação da estrutura da barragem. “A barragem estava sob risco de rompimento, o que prejudicaria o abastecimento de parte da população de São Luís, além de provocar o alagamento das comunidades do entorno. Os serviços que executamos aqui acabaram com qualquer risco deste tipo. Esta é mais uma frente de trabalho do programa São Luís em Obras, um programa que foi planejado para promover a recuperação e ampliação da infraestrutura urbana das mais diversas áreas da cidade, garantindo o correto funcionamento dos serviços, desenvolvimento urbano e qualidade de vida para a população”, disse.

Acompanharam o prefeito Edivaldo na vistoria às obras do Batatã, a primeira-dama, Camila Holanda; o vice-prefeito, Julio Pinheiro; os secretários municipais de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araujo; e de Relações Parlamentares, Nonato Chocolate.

O vice-prefeito, Julio Pinheiro, afirmou que esta é mais uma intervenção necessária para a cidade que está sendo executada na gestão do prefeito Edivaldo. “O comprometimento da estrutura da barragem do Batatã é mais um problema antigo de São Luís. A Prefeitura está  finalizando as obras, acabando de forma definitiva com os riscos à cidade, pois o reservatório da barragem é fundamental para uma parte significativa da população de São Luís”.

SERVIÇOS EXECUTADOS

Os serviços integram o programa São Luís em Obras e estão já em fase de acabamento devendo serem finalizados até o início de março. Atualmente, está sendo feito o plantio de grama nos taludes para evitar a erosão provocada pelas chuvas. Também está sendo feita a recuperação de uma rampa de passagem na barragem. Com a conclusão da recuperação da barragem o reservatório estará com toda a sua estrutura recuperada, assim estará com sua capacidade máxima para receber águas das chuvas, aumentando o abastecimento hídrico do município.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araujo, explicou que os serviços foram executados em duas etapas. “A primeira delas foi a construção dos taludes para segurar a massa d’água que é acumulada na barragem. São estes maciços que dão sustentação a toda a estrutura do Batatã. Depois, foram feitas as descidas de água, que segue canalizada para a represa, evitando impactos nos taludes que possam causar erosão e trazer o risco de rompimento de volta”, informou.

No local já foram executados serviços de escavação, compactação, aterramento, recuperação de proteção do talude, descidas de águas, canaletas de drenagem, dreno profundo com brita, sarjetão, caixas em concreto, canais e plantio de vegetação com proteção de encosta.

RISCOS

Antes da intervenção, iniciada em setembro de 2019 pela Prefeitura de São Luís, a estrutura da barragem do Batatã estava bastante comprometida, apresentando erosão profunda em vários pontos. Caso rompesse, a barragem deixaria sem abastecimento de água cerca de 30% da população de São Luís. Outro risco era o alagamento das comunidades do entorno. O bairro Coroadinho seria o mais afetado.

O reservatório foi construído em 1964. Possui comprimento de 465 metros e altura máxima de 17 metros, podendo acumular 4,6 milhões de metros cúbicos de água, recebendo água dos rios Batatã e da Prata.

SÃO LUÍS EM OBRAS
Ainda na manhã desta sexta-feira (14), o prefeito Edivaldo vistoriou as obras de asfaltamento no III Conjunto Cohab-Anil, serviços que também integram o programa São Luís em Obras. Por meio do programa, a gestão do prefeito Edivaldo tem ampliado a infraestrutura urbana de São Luís. Somente de nova pavimentação já foram contemplados mais de 200 km de ruas e avenidas.

Também integram o programa, dezenas de frentes de trabalho como a reforma de espaços públicos, construção de escolas, obras de drenagem, intervenções no trânsito, reforma de mercados, entre outras, ampliando os investimentos já realizados desde a primeira gestão.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem