agencia

Notícias

Sábado, 15/02/2020 - 11h32

Com ações nas áreas da limpeza e saúde, prefeitura de São Luís realiza Dia D de combate ao mosquito Aedes aegypti

O bairro Coroadinho foi contemplado neste sábado (15) com atividades voltadas para a prevenção de doenças como dengue, chikungunya e zika; ação, que teve parceria com o Governo do Estado, também contemplou vacinação contra o sarampo no Dia D de combate à doença

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Com ações nas áreas da limpeza e saúde, gestão do prefeito Edivaldo realiza Dia D de combate ao mosquito Aedes aegyptiCom oferta de vários serviços, a Prefeitura de São Luís, em parceria com o Governo do Estado, realizou neste sábado (15), na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Rubens Almeida, no Coroadinho, uma ação social como parte do programa Todos por São Luís, coordenado pela primeira-dama, Camila Holanda. O evento também marcou o Dia D de combate ao mosquito Aedes aegypti. A iniciativa integra a política de saúde preventiva da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior e foi coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus). 

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, acompanhou a ação no Coroadinho após abrir a programação do Dia D de combate ao sarampo, na Unidade Básica de Saúde do Anil. "Desde o ano passado, a gestão do prefeito Edivaldo já planejava esta e outras ações contra o vetor transmissor das doenças. Alinhamos o planejamento com o Ministério da Saúde que, por sua vez, nos deu autorização para a adoção de medidas que enfatizam eliminar o nascedouro do mosquito Aedes, deixando a população mais segura e protegida", disse Lula Fylho.

No combate ao mosquito, Semus e Comitê Gestor de Limpeza Urbana atuaram conjugadamente na busca pela eliminação de focos. Durante toda a semana, os agentes de combate às endemias percorreram as ruas do bairro, visitando casa a casa para alertar os moradores sobre a importância de combate ao mosquito adotando medidas de prevenção.

O personagem Cidadão Limpeza esteve presente na U.E.B. Rubem Almeida. Ele conversou com as crianças, chamado atenção os procedimentos preventivos no combate ao mosquito.

Na sexta-feira feira (14), o Comitê de Limpeza Urbana iniciou o recolhimento de materiais volumosos colocados por moradores nas portas das casas em todas as ruas dos bairro. A atividade se estendeu por todo o sábado com objetivo de evitar pontos de descarte irregular de resíduos, gerador de focos do mosquito. Equipes de agentes também fizeram demonstração do ciclo evolutivo do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

SAÚDE

Entre os serviços oferecidos, os moradores do Coroadinho e adjacências foram contemplados com consultas em clínica geral e pediatria, com encaminhamento para especialistas. Também foram disponibilizados serviços como aferição de pressão arterial, medição de glicemia e aplicação de todas as vacinas disponíveis na rede pública para crianças e adultos. A ação social contribuiu para reforçar o Dia D contra o sarampo com a oferta de vacina contra a doença no conjunto de outras que foram oferecidas. Também fom realizadas oficinas de artesanato e embelezamento.

Acompanhada da mãe, Evelyn Sandra Pereira, uma garota de 9 anos, encarou com naturalidade a aplicação da vacina. O ministério da Saúde dispôs vacinas para população com idade superior 5 anos e abaixo de 59 anos. "Tem que vacinar. Essa é a melhor maneira de prevenir" , aconselhou a menina.

Da mesma forma, André Luís de Araújo, morador da Vila dos Frades, aproveitou a ação social no Coroadinho para se vacinar contra o sarampo. "Não tinha certeza se tinha tomado a vacina. Na dúvida segui o que recomendam na campanha", disse o vigilante.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem