agencia

Notícias

Terça-feira, 10/03/2020 - 16h17

Prefeitura de São Luís promove atividades voltadas para mulheres em ações na biblioteca municipal

Moradoras do Bairro de Fátima participam de oficinas e palestras como parte da programação do Mês da Mulher, desenvolvido pelo equipamento cultural a partir das políticas da Prefeitura

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís promove atividades voltadas para mulheres em ações na biblioteca municipal

Como parte da programação do Mês da Mulher, em alusão ao Dia Internacional da Mulher, a Biblioteca Municipal José Sarney, equipamento da Prefeitura de São Luís coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), organizou um dia inteiro de oficinas e palestras visando o empoderamento das mulheres da comunidade do Bairro de Fátima. Na ocasião, as mulheres também foram apresentadas ao projeto “Não Morra, Maria da Penha”, realizado pela 2ª Vara da Mulher de São Luís e órgãos da Rede de Proteção à Mulher. 

O secretário municipal de cultura, Marlon Botão, destacou a importância do empoderamento das mulheres. “Esse é um mês importante, de reflexão, mas também de ação. Por isso, seguindo as diretrizes do prefeito Edivaldo, realizamos essas ações na Biblioteca Municipal. Nosso objetivo vai além de informar essas mulheres: também buscamos formá-las, para que, de alguma forma, consigam conquistar a própria renda, deixando de ficar dependentes de seus parceiros ou da família. Então, aqui, além de uma palestra informativa, realizamos uma oficina de confecção de capa de cadernos; uma ação simples, mas que já abre um universo de possibilidades para essas mulheres batalhadoras”, pontuou o secretário Marlon Botão.

De acordo com a diretora da biblioteca, Rita Oliveira, as ações da Prefeitura de São Luís são constantes. “A biblioteca tem um leque de ações, e no mês de março fazemos o programa Mês da Mulher. Dentro desse programa, estamos participando da Semana da Mulher do Bairro de Fátima. Estamos desde o domingo (8) com diversas atividades, e hoje reunimos várias mulheres da comunidade, mães, donas de casa, para um contato mais próximo conosco. Assim, além de tudo, nós conseguimos estreitar ainda mais a relação da comunidade com a biblioteca, com o universo dos livros”, afirmou Oliveira.

A dona de casa Darci de Fátima Abreu, de 59  anos, fez questão de participar das oficinas realizadas pela Biblioteca Municipal. “Eu estou achando o dia de hoje maravilhoso. Além da palestra, que foi bastante informativa, tivemos essa oficina, aprendi uma coisa nova e agora vou tentar conseguir uma renda extra”.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem