agencia

Notícias

Sábado, 14/03/2020 - 08h38

Com programa Informante Anfitrião, Prefeitura de São Luís incentiva desenvolvimento social de jovens e incrementa turismo na capital

Ação da gestão do prefeito Edivaldo capacitou adolescentes que atuam como multiplicadores de informações turísticas em espaços do Centro da cidade

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Com Informante Anfitrião, Prefeitura incentiva desenvolvimento social de jovens e incrementa turismo na capitalA gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior vem investindo em ações de responsabilidade social em relação a jovens da cidade. Por meio do programa Informante Anfitrião, coordenado pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e com a participação da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) e Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), 20 adolescentes, com idades entre 16 e 17 anos, foram selecionados e capacitados para atender turistas que visitam a capital e seus principais pontos históricos. Os jovens já estão em atuação, contribuindo para o incremento do turismo na capital. 

A ideia da Prefeitura de São Luís é proporcionar formação educacional e social para os participantes do programa, além de guiá-los para um futuro de ascensão, uma vez que eles são impulsionados a desenvolver habilidades e competências essenciais para o futuro profissional. Os jovens que participam da ação bem como suas famílias, são acompanhados pela Semcas por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e da Casa do Bairro.

“Os jovens do turismo educativo estão aprendendo, na prática, sobre a importância da nossa cidade, que é Patrimônio da Humanidade. Eles ficam nos pontos turísticos recebendo quem nos visita e podem compartilhar com todos as riquezas de São Luís. Enquanto fazem as atividades, os adolescentes têm a oportunidade de aprender diversas habilidades, como atendimento ao público e a própria desenvoltura ao falar em público. É um programa excelente, fruto de uma visão responsável do prefeito Edivaldo”, declarou a titular da Setur, Socorro Araújo.

Os adolescentes beneficiados são moradores de bairros que contornam o Centro de São Luís. Segundo um dos contemplados pelo programa e morador da Liberdade, a iniciativa da Prefeitura e a oportunidade de integrar o programa têm sido fundamentais para seu crescimento. “Participar do Informante Anfitrião tem sido bastante gratificante. Venho tendo a possibilidade de conhecer um pouco mais da história da minha cidade e, também, de passá-la adiante, além de poder me desenvolver profissionalmente para o mercado de trabalho”, declarou Davi Sousa, de 17 anos.

Também participante do programa Informante Anfitrião, da Prefeitura de São Luís, o adolescente João Gabriel Pinheiro, de 16 anos, que é morador do Desterro, ressaltou tamanha felicidade em participar da equipe que vem levando informação turística para os visitantes de capital. “Tem sido uma experiência bastante proveitosa para mim. Futuramente, poderei incluir essa oportunidade em meu currículo, participação que vai abrir muitas portas. Outra coisa importante é a bolsa que a gente recebe e que nos possibilita contribuir, de alguma forma, para as necessidades de casa”, destacou o adolescente, referindo-se à bolsa-incentivo que cada participante do programa recebe.

Visitantes dos pontos em que há jovens integrantes do Informante Anfitrião, além de turistas de várias partes do Brasil e do mundo que buscam experiências históricas e culturais para levar como lembranças de viagem, declaram satisfação pelo atendimento. Para o professor José Airton da Silva, turista de São Paulo, a iniciativa é louvável. “Eu fiquei bastante satisfeito e saber que os guias que nos recebem são jovens alvos de uma política educacional do município é ainda mais gratificante, pois me sinto colaborador para o crescimento de cada um”.

Outra turista que também avaliou a iniciativa da Prefeitura de São Luís foi a assistente administrativo Andressa Sousa, que veio do Espírito Santo. “Precisamos que mais cidades enxerguem os jovens como São Luís está enxergando. Projetos como esse, em que o município colabora para o turismo e consequentemente para o futuro daqueles que estão a um passo do mercado de trabalho, são frutos de uma visão do futuro que as autoridades deveriam ter. O prefeito está de parabéns”, pontuou.

SAIBA MAIS  

Os adolescentes que integram o programa Informante Anfitrião estão espalhados por museus como os do Reggae, da Gastronomia, do Tambor de Crioula e de Arte Sacra. Os informantes também estão à disposição de visitantes e turistas na Casa do Maranhão, nos centros de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão e de Cultura Popular Domingos Vieira Filho – Casa das Festas, além do Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Igreja da Sé e na Central de Informações Turísticas, localizados no Centro Histórico da capital maranhense. 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem