agencia

Notícias

Sexta-feira, 03/04/2020 - 14h02

Prefeitura de São Luís oferta assistência psicológica a servidores da saúde que trabalham no combate ao novo coronavírus

Uma linha de telefone foi disponibilizada para que o profissional possa relatar possíveis aflições psicológicas em decorrência da natureza do trabalho durante a pandemia

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís promove auxílio psicológico a servidores da saúde que trabalham no combate ao novo coronavírus

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), oferece  desde a última segunda-feira (30), um serviço gratuito de assistência psicológica a quem estiver na assistência diária de possíveis casos da Covid-19 e aos servidores que estão afastados por medida preventiva. O serviço, organizado pelo Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) é feito, por orientação sanitária, à distância, sendo disponibilizado o telefone (98) 98298-0797. A iniciativa segue orientação do prefeito Edivaldo Holanda Junior e integra as ações voltadas para área da saúde neste período de pandemia. 

A linha – que não receberá mensagens via WhatsApp – é  exclusiva para o serviço e está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h. Durante o atendimento, o profissional designado pela Semus ouve o paciente acerca das possíveis aflições psicológicas e danos causados pelo estresse, gerados pela natureza do trabalho.

Após o depoimento, o profissional traçará o perfil do servidor para elaborar o diagnóstico e prescrição, nos casos necessários, de tratamento, ou aplicação de outras medidas (como o incentivo à leitura e atividades que desestimulem a alta tensão da rotina laborativa).

A Semus esclarece que, por enquanto, o atendimento especializado é exclusivo aos profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e outras competências) ligadas à rede pública municipal. O objetivo da direção da pasta é, em breve, ampliar o serviço para outros públicos.

O secretário de Saúde de São Luís, Lula Fylho, disse que o serviço, que segue orientação do prefeito Edivaldo, além de zelar pelo bem-estar da população em geral, é imprescindível também cuidar do servidor público, que está na linha de frente e cuja missão é fundamental para o controle do coronavírus. “O trabalho da Prefeitura, colocado em prática pela Semus, é constituído por duas frentes. Uma é priorizar a proteção imunológica do servidor, estimulando medidas de limpeza, higiene e proporcionando a ele toda a estrutura necessária. Em seguida, parte-se para o suporte psicológico, já que infelizmente estes servidores estão sujeitos a uma carga de emoções, diante do quadro da pandemia”, afirmou.

Especialistas apontam que o estresse é uma das principais preocupações e consequências psicológicas ao trabalhador que, porventura, estejam na retaguarda de atendimento na rede pública diante da pandemia da Covid-19. Outra preocupação é com os trabalhadores afastados que podem vir a agravar quadros relativos à depressão, em virtude da interrupção abrupta e necessária de suas rotinas.

SERVIÇO

Outro serviço importante disponibilizado ao servidor público da saúde pela Semus é a avaliação médica do servidor do grupo de risco (gestantes, idosos acima de 60 anos e outros perfis) que necessite de afastamento excepcional por exposição direta com pacientes suspeitos ou confirmados com a Covid-19. A avaliação também se estende ao servidor que necessitar de atestados em caso de síndrome respiratória. Ou ainda para o profissional de saúde que desejar a homologação de atestados.

Para dar entrada em um destes procedimentos, basta o interessado encaminhar inicialmente solicitação por escrito e preencher formulário a ser distribuído para as direções de todas as unidades de saúde e hospitais.

Em seguida, o documento deve ser remetido para o email: saats.semus@gmail.com. Uma equipe médica designada pela Semus procederá com ligação telefônica para o servidor solicitante, para obter mais informações e divulgar o parecer atestando ou não o afastamento solicitado.

                                         Acesse aqui galeria de fotos