agencia

Notícias

Sexta-feira, 31/07/2020 - 16h54

Prefeitura de São Luís imuniza servidores da saúde contra hepatites virais

Além da vacinação foram realizados testes rápidos para diagnóstico da doença; ação fez alusão ao Dia Mundial do Combate contra as Hepatites Virais  

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís imuniza servidores da saúde contra hepatites viraisA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) ofereceu, nesta sexta-feira (31), testes rápidos e imunização aos servidores contra as hepatites virais. A ação que aconteceu na sede da Semus, fez alusão ao Dia Mundial do Combate contra as Hepatites Virais, marcado no dia 28 de julho. 

Das 8h ao meio-dia, os funcionários receberam orientações sobre infecções causadas por vírus, realizaram testes rápidos para as Hepatites B e C e receberem doses de vacinas contra as doenças. A aplicação das doses obedeceu às medidas orientadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para isso, foram feitas demarcações para manter o distanciamento entre os servidores e os profissionais que auxiliavam nos testes e aplicavam as vacinas usaram máscaras e outros equipamentos de proteção.

Segundo a secretária titular da Semus, Natália Mandarino, a ação integra as políticas preventivas contra as Hepatites Virais e reforça o compromisso do prefeito  Edivaldo com a saúde da população e dos servidores. “Continuamos reforçando às políticas de combate e prevenção às infecções sexualmente transmissíveis e às hepatites virais. A ação ilustra o compromisso de detectar precocemente a doença e realizar o tratamento”, afirmou.

Para o coordenador do programa de IST/AIDS e Hepatites Virais, Wendel Alencar, a doença acomete muitas pessoas anualmente. No entanto, medidas de prevenção e controle estão sendo tomadas pelo município. 

“A principal razão das ocorrências destas doenças é o descuido quanto à prevenção durante as relações sexuais e o compartilhamento de objetos cortantes. É importante reforçar a pauta das hepatites virais ocorreu não somente no mês de julho, mas durante todo o ano. Reforçamos a atenção junto aos profissionais e trabalhadores de saúde por conta de possíveis acidentes com material biológico”, lembrou.

Nenhum servidor deu positivo para quaisquer tipos de hepatites nas testagens promovidas nesta sexta-feira (31).  

SAIBA MAIS

A hepatite é uma infecção que atinge o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves. Na maioria dos casos diagnosticados, a doença aparece no organismo de forma silenciosa não apresentando sintomas. 

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem