agencia

Notícias

Quinta-feira, 12/02/2015 - 11h52

Projeto "Viver Mais" realiza Baile de Carnaval

O evento fez parte de uma ação socioeducativa e cultural que tem como público alvo aposentados e pensionistas do Município e idosos que moram no entorno da sede social do órgão

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Durante a folia, também houve o desfile do Rei Momo da Imprensa e da Rainha e Princesa do Carnaval da 3ª Idade

Veja a galeria de fotos desta matéria

A Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto de Previdência e Assistência do Município (Ipam), realizou nesta semana, o Baile de Carnaval do projeto "Viver Mais", no Centro de Convivência, no Olho D'Água. O evento fez parte de uma ação socioeducativa e cultural que tem como público alvo aposentados e pensionistas do Município e idosos que moram no entorno da sede social do órgão.

"O baile e outras atividades realizadas pelo projeto Viver Mais integram o conjunto de ações de valorização da pessoa idosa, determinado pela gestão do prefeito Edivaldo, cujo objetivo é proporcionar aos servidores inativos do Município interação, lazer e convivência", disse o presidente do Ipam, Raimundo Penha, que marcou presença no baile.

Os integrantes do projeto dançaram e se divertiram ao som da Banda Pirata da Ilha. Durante a folia, também houve o desfile do Rei Momo da Imprensa e da Rainha e Princesa do Carnaval da 3ª Idade.

O evento contou com as parcerias da Fundação Municipal de Cultura (Func), das secretarias municipais de Desportos e Lazer (Semdel), Criança e Assistência Social (Semcas) e do Conselho Municipal de Direitos do Idoso (CMDI).

PROJETO VIVER MAIS

O projeto tem como finalidade garantir a melhoria da qualidade de vida dos aposentados e pensionistas da capital maranhense. É também aberto à comunidade idosa da área de abrangência de sua sede social e acontece de terça-feira a sexta-feira, no Centro de Convivência, localizado na Rua São Bernardo, nº 115, Olho d'Água.

Nesta primeira fase, o "Viver Mais" oferece aulas de hidroginástica, aeróbica, reuniões socioeducativas, ações de prevenção e promoção da saúde e sócio-ocupacionais. As inscrições para o projeto podem ser feitas na própria sede social do Ipam, de terça-feira a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Para participar do projeto, os interessados devem levar carteira de identidade, duas fotos 3x4 e apresentar, obrigatoriamente, atestado médico emitido por um cardiologista comprovando aptidão para a prática de atividade física.