agencia

Notícias

Terça-feira, 31/03/2015 - 12h14

Prefeitura prossegue com Programa Peixe na Mesa até quinta-feira (02)

O Programa Peixe na Mesa, realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura Pesca e Abastecimento (Semapa), acontece até quinta-feira (02). O programa Peixe na Mesa oferece pescado até 30% mais barato do que é vendido nas feiras e mercados da cidade.

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

O Programa Peixe na Mesa, realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura Pesca e Abastecimento (Semapa), acontece até esta quinta-feira (2). O programa Peixe na Mesa oferece pescado até 30% mais barato do que é vendido nas feiras e mercados da cidade. Está sendo oferecida uma grande variedade de peixes como pescada amarela, peixe serra, tainha, uritinga, palombeta, tambaqui e curimatá e cada pessoa pode comprar até 3 kg de pescado.

Nesta quarta-feira (1º), pela manhã, o caminhão do programa estará na área da feira livre do Cohatrac, atrás do Fest Lanches, beneficiando moradores da Cohab, Cohatrac e proximidades. À tarde, na Cidade Operária, o caminhão estará na Avenida Este, próximo ao Colégio Tancredo Neves. Já na quinta-feira (2), as atividades serão realizadas na Vila Fialho (Campo de Verona) e no Sacavém (Rua São Luís).

O titular da Semapa, Aldo Rogério, afirma que tudo está transcorrendo com tranquilidade e que a população está avaliando positivamente o trabalho realizado sob a orientação do prefeito Edivaldo. "O programa visa garantir produtos de qualidade e com um preço acessível promovendo, inclusive, o equilíbrio do comércio de pescados nessa época", disse.

O caminhão do Programa já percorreu bairros como Itapera, Vila Izabel, Vila Embratel, São Francisco (Ilhinha), Alemanha, Vila Magril, Anjo da Guarda e Liberdade, ofertando aos moradores dessas localidades e bairros circunvizinhos um pescado de qualidade e com um preço mais acessível durante este período que antecede a Semana Santa.

Para acessar a galeria de imagens desta reportagem, clique aqui.