agencia

Notícias

Sexta-feira, 17/05/2019 - 14h09

Prefeitura de São Luís capacita professores da rede municipal sobre uso do material didático em sala de aula

Como parte da política educacional da gestão do prefeito Edivaldo, formação é voltada para a melhoria do processo ensino-aprendizagem de crianças não alfabetizadas

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Professores da rede municipal durante formação sobre uso do material didático em sala de aulaProfessores do 2° ano da rede municipal de ensino e coordenadores pedagógicos participaram da Formação de Professores para Ação e Articulação em Rede oferecida pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), nesta terça-feira (14), na Faculdade Pitágoras. O objetivo do evento foi orientar os educadores sobre o uso do material didático no processo de ensino-aprendizagem de crianças não alfabetizadas. A ação é parte da política educacional da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

“A formação dos nossos professores é uma ação prioritária da Semed e segue orientação do prefeito Edivaldo. Nesta atividade o foco é orientar o professor sobre a melhor forma de aproveitar o conteúdo em sala de aula para o melhor aproveitamento do aluno”, ressaltou o secretário municipal da Educação, Moacir Feitosa.

Esta é a segunda capacitação realizada este ano. A primeira aconteceu em fevereiro com palestras sobre os métodos de alfabetização e a importância de compreender a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). O encontro com os formadores buscou ressaltar a importância de intervir para que alunos do 1º ano consigam adquirir as habilidades exigidas para os anos seguintes.

A secretária adjunta de ensino da Semed, Maria de Jesus Gaspar Leite, falou sobre a importância do evento. "É um momento de aproximação da Semed com os professores, com a finalidade de fortalecer as políticas de alfabetização para as crianças do 1°, 2° e 3° anos".

A professora Patrícia Alves Monteiro, atualmente professora do 2° ano da U.E.B Menino Jesus de Praga, trabalha há seis anos na rede. Para ela, as ações formativas são essenciais para ampliar conhecimentos e trocar experiências com outros educadores. “Todas as formações são muito importantes para ter novas vivências e experiências. Assim a gente divide com nossos colegas o conhecimento que temos e também aprendemos com a vivência deles, porque as nossas dificuldades muitas vezes também é a do outro”, afirmou.

De acordo com a professora e técnica Ivanilde Pereira, uma das formadoras que ministrou oficina no evento, o compromisso dos professores é fundamental para garantir o aprendizado dos estudantes. “A participação do professor e a presença constante na sala de aula são pontos muito positivos. Isso mostra que estão com vontade de aprender como lidar melhor com esses estudantes. A meta é conseguir fazer com que todos os professores saiam dessa formação com um desejo ainda maior de ensinar a todos”, opinou.

 Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem