agencia

Notícias

Sábado, 20/07/2019 - 12h45

Prefeito Edivaldo amplia ação da Escola de Governo e oferece oficina de informática a crianças atendidas no Circo Escola

A capacitação é oferecida através da Unidade Móvel de Capacitação da Escola de Governo Municipal; a ação, iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo, fortalece o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de São Luís na área da Assistência Social e o papel da Eggem

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Unidade Móvel de Capacitação Digital da Prefeitura oferece oficina de informática a crianças do Circo EscolaA gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior esta ampliando as ações da Escola de Governo e Gestão Municipal (Eggem). Com uma Unidade Móvel de Capacitação Digital, que dá suporte para o transporte de equipamentos e pessoal, a Prefeitura de São Luís, por meio da Eggem passa a oferecer cursos itinerantes para capacitação de servidores municipais e da sociedade em geral. A unidade tem possibilitado a realização de oficinas de Informática Básica voltada às crianças e adolescentes integrantes do projeto Circo Escola, na Cidade Operária. A ação está sendo desenvolvida às sextas-feiras e atende a uma demanda específica da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), órgão responsável pela coordenação do projeto.

A Unidade Móvel de Capacitação Digital e a oferta de um leque maior de capacitações demarcam o comprometimento do prefeito Edivaldo Holanda Junior com a política de valorização do servidor, a qualificação do cidadão e a qualidade dos serviços prestados à população. A Unidade Móvel, ferramenta coordenada pela Eggem, órgão ligado à Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), visa facilitar o acesso de servidores públicos e estudantes da rede pública a cursos na área de tecnologia digital. O carro adaptado percorre as secretarias e as instituições da capital com essa finalidade.

"Com esta ação, iniciamos o trabalho com a orientação do prefeito Edivaldo para atender aos servidores municipais e beneficiar os equipamentos sociais mantidos pela Prefeitura nas comunidades da zona rural e nos bairros mais distantes da cidade, visando, com essa modalidade de atendimento, à inclusão digital de crianças e adolescentes que não têm acesso ao serviço e, assim, possam desenvolver o conhecimento de uma ferramenta fundamental no mundo atual", observou a diretora da Eggem, Maria Eugênia Branco.

A superintendente de Inovação Educacional, Sandra Pestana, reforçou o objetivo da unidade móvel. "A ideia é levar conhecimento às pessoas. Nesse caso, chegamos ao Circo Escola com a intenção de oferecer às crianças essa oficina e dar a elas a oportunidade de conhecer mais sobre o mundo digital", destaca Sandra.

A capacitação ministrada através da Unidade Móvel está beneficiando crianças e adolescentes na faixa etária de 6 a 17 anos, em situação de vulnerabilidade social. Nas aulas, os participantes aprendem noções básicas de informática e internet, para que adquiram as habilidades iniciais na área, garantindo ainda a melhoria na interação das crianças com as tecnologias digitais. A metodologia utilizada na capacitação é aplicada por meio de exposição dialogada, uso do computador, acompanhamento das aulas com apostilas, atividades práticas, além de exercícios dentro do contexto, debates, dinâmicas, entre outros recursos. Uma nova turma tem início no mês de agosto.

"A nossa proposta é promover uma troca de conhecimentos. Hoje em dia, as crianças já nascem nesse ambiente digital e facilmente desenvolvem o conhecimento na área. Então aqui estamos proporcionando novos conhecimentos para que elas possam desenvolver habilidades nessa área e, quem sabe, no futuro buscarem um aprofundamento", destacou o facilitador da oficina ministrada no Circo Escola, Rafael Oliveira.  

Entre os assuntos abordados na capacitação estão as terminologias do computador, software, aplicativos de Windows 7, painel de controle, Windows Explorer, ícones, lixeira, barra de tarefas, elementos da janela, dentre outras ferramentas de uso do sistema. "Aprendi a organizar as pastas, copiar e salvar arquivos. Muitas coisas que eu não sabia fazer ainda", disse Vitória Costa, 10 anos. "Eu estou achando muito legal. Já aprendi muitas coisas. Tenho computador em casa, mas não sabia usar assim", completou Kaylanny Santos, 11 anos. 

A programação da Unidade Móvel da Eggem está inserida também entre atividades ofertadas pelo programa Todos por São Luís, promovidas em vários bairros da capital, e em solicitações das secretarias e equipamentos municipais para capacitação de servidores. 

CIRCO ESCOLA

O Circo Escola atende atualmente 205 crianças. No espaço são ofertadas atividades de artes circenses, capoeira, recreação, música, artes manuais (o que envolve também a parte de reciclagem), artesanato e karatê. As atividades acontecem de segunda a sexta-feira, pela manhã e pela tarde, no contraturno escolar. Além das atividades realizadas dentro das oficinas do projeto, os adolescentes e crianças também fazem apresentações do que aprendem. Eles mostram ao público por meio de peças, exposições e ações que desenvolvem interagindo com a população.

Coordenadora do Circo Escola, Janaína Alexandre, conta que a oficina da Eggem fortalece o trabalho do equipamento social. "Atendemos muitas crianças em situação de vulnerabilidade social e esse momento promovido pela Eggem vem agregar força ao nosso trabalho, favorecendo as nossas crianças", reforçou a coordenadora do Circo Escola.

CAPACITAÇÕES

Além desse serviço móvel, a Eggem tem como atividade principal a promoção de cursos de qualificação em áreas específicas voltadas aos servidores das secretarias e demais órgãos municipais, que demandam à Escola de Governo a partir de suas necessidades de capacitação. Em sede com melhor estrutura física, pedagógica e tecnológica, a Eggem desenvolve este ano ampla programação de cursos. A meta é capacitar cerca de seis mil servidores e ministrar uma carga horária de aproximadamente quatro mil horas/aula, este ano.

Na programação de capacitações 2019 da Eggem constam dezenas de cursos nas mais diversas áreas da gestão pública, como o workshop de formação dos novos auditores fiscais da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), recém-empossados pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior. O conteúdo da capacitação, que vai até terça-feira (23), versa acerca da atividade que vão desempenhar na área fazendária do município.

Também está em andamento na Eggem o curso AUTODESK® REVIT, que vai até dia 31 deste mês. O público-alvo é formado por engenheiros e arquitetos da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), com o objetivo de fornecer conhecimentos das aplicações e conceitos BIM e entender o que de fato o Decreto Nº 9.377 de 17 de Maio de 2018 exige para 2021, além de capacitar os alunos para uso do Software REVIT.

Na área de gestão, o órgão oferta ainda o curso de Compliance na Administração Pública, como o ministrado aos auditores de Controle Interno do município, com o objetivo de capacitá-los para resolver questões práticas do dia a dia profissional, especialmente os desafios encontrados na área de Compliance, fornecendo subsídios teóricos e práticos para o desenvolvimento da função.

Também como parte da programação da Eggem estão cursos de Coaching para Autodesenvolvimento, contratações públicas, elaboração e gestão de projetos básicos e termos de referência; feedback: instrumento para maior integração e produtividade; língua estrangeira e Língua Brasileira de Sinais (Libras), entre outros. A Eggem promove também encontros temáticos abordando assuntos pré-estabelecidos em demandas e iniciativas inovadoras como o word café, voltado exclusivamente para gestores.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem