agencia

Notícias

Quarta-feira, 04/12/2019 - 14h55

Prefeitura de São Luís realiza ações de conscientização contra o trabalho infantil com capacitação de feirantes da capital

Ação faz parte da campanha “Trabalho Infantil, AQUI NÃO!”, lançada pela gestão do prefeito Edivaldo e que tem como objetivo coibir o uso da mão de obra de crianças e adolescentes em feiras e mercados de São Luís

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís realiza ações de conscientização contra o trabalho infantil com capacitação de feirantes da capitalAs ações da campanha “Trabalho Infantil, AQUI NÃO!” lançada no mês de novembro pela Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais da Criança e Assistência Social (Semcas) e Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) tiveram prosseguimento nesta quarta-feira (4). Na ocasião, feirantes do bairro Liberdade receberam capacitação sobre a não utilização e combate ao uso da mão de obra de crianças e adolescentes nas feiras e mercados da capital. A atenção especial dada esses espaços faz parte das estratégias da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior para assegurar o crescimento saudável de crianças e adolescentes.

A gestora da Semcas, Andréia Lauande esteve presente na sensibilização e aproveitou para tirar dúvidas dos participantes e ressaltar, entre outros, os perigos que crianças e adolescentes estão expostos ao ficar nesses espaços. “A permanência das crianças e adolescentes também favorece a exploração sexual e capitação pelo tráfico. Nós não podemos naturalizar esse processo, que além de ser prejudicial ao desenvolvimento, tira dessas meninas e meninos a oportunidade de ter outras possibilidades no seu futuro”, ponderou a secretária.

Até o fim de dezembro ainda serão realizadas capacitações nas feiras da Vila Embratel, João Paulo e Vila Palmeira. As ações terão continuidade em 2020. Cada feirante que participar da capacitação, se assim o quiser, assina o termo de compromisso se comprometendo em não usar a mão de obra infantil, bem como, sensibilizar frequentadores e colegas. O selo “Trabalho Infantil, AQUI NÃO!” será fixado nos boxes e bancas daqueles que aderirem.

Marieta Pires vende café e beiju na feira da Liberdade há mais de 20 anos, exalta o investimento na educação das filhas. “Eu trabalhei muito para que elas tivessem as oportunidades que eu não tive, então elas sempre estudaram e hoje minhas duas filhas estão se formando pela Universidade Federal do Maranhão, uma já formou ano passado em Química e é assim que nós devemos pensar”, falou, com orgulho, dona Marieta.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem