agencia

Notícias

Sexta-feira, 17/01/2020 - 14h54

Prefeitura de São Luís transfere moradores que ocupam áreas sob a ponte Bandeira Tribuzzi para residencial do Minha Casa Minha Vida

Inicialmente foram retiradas 14 famílias que se mudam para casas no Residencial Morada do Sol; ação, que segue orientação do prefeito Edivaldo, ocorreu nesta sexta-feira (17)

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura transfere moradores que ocupam áreas sob a ponte Bandeira Tribuzzi A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), realizou nesta sexta-feira (17), a transferência de famílias que moravam em palafitas e em barracos de madeira construídos embaixo da cabeceira da Ponte Bandeira Tribuzzi, no bairro Jaracati, para casas do Residencial Morada do Sol, integrante do programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, coordenado em São Luís pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

A operação foi realizada na Rua Santa Teresa, no Jacarati, e contou com equipes da Blitz Urbana, órgão vinculado à Semurh. Inicialmente foram transferidas 14 famílias. O processo  para transferências da começou em com o cadastro das famílias interessadas em receber uma unidade habitacional do Residencial Morada do Sol. 

Uma das famílias que estava de mudança, nesta sexta-feira (17), é formada por Izanildo de Jesus Martins, de 31 anos de idade, e Vanilce Rodrigues Lima, de 29 anos. O casal tem dois filhos, um bebê de 4 meses e uma menina na faixa de 5 anos. “Estamos muito felizes de poder mudar para a casa nova. Na verdade, iniciamos a mudança já faz alguns meses, mas hoje estamos indo de vez”, disse Izanildo, que trabalha como churrasqueiro. A família morava na palafita há cerca de três anos.

RESIDENCIAIS

Os habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida são destinados a pessoas de baixa renda, que não tenham residência própria. Cada empreendimento habitacional reserva ainda cerca de 3% a 5% das moradias para pessoas residentes em áreas de risco, desabrigadas ou que sejam beneficiárias do Aluguel Social.

Os residenciais Morada do Sol I e II contam com 2.176 casas e com 42,87 m² de área privativa. As casas têm sala, dois dormitórios, cozinha, banheiros e lavanderia. O residencial terá ainda creche, Unidade Básica e Saúde, escola de Ensino Fundamental, quadras poliesportivas e praças.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem