agencia

Notícias

Domingo, 16/02/2020 - 09h24

Prefeitura de São Luís promove bailes carnavalescos para atendidos em equipamento sociais do município

Com a ação, gestão do prefeito Edivaldo garante inclusão e muita animação para pessoas atendidas pela política de Assistência Social do município

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

O baile carnavalesco promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), provou que a diferença de idade e saber não são empecilho para uma convivência harmônica. Cerca de 200 pessoas entre crianças, adolescentes e idosos atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) agitaram a folia momesca que invadiu o Centro de Convivência Circo Escola, no bairro da Cidade Operária, na tarde de sexta-feira (14). Pela manhã, ocorreu o baile do Centro-Dia de Referência para Pessoas Adulta com Deficiência, localizado também no bairro Cidade Operária. A ação é parte da política de Assistência Social da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Secretário adjunto de Proteção Social da Semcas, Alfredo Lima evidencia como a união de diversos territórios garante o direito a inclusão de todos. “A união de áreas diferentes como estamos vendo aqui, deixa a festa mais colorida, mas não é só isso, possibilitamos aos diversos públicos com faixas etárias diferentes a possibilidade de se divertir e interagir. A gestão do prefeito Edivaldo prima para que a política de Assistência Social cumpra seu papel que é chegar para todos que dela precisam, assegurando direitos, inclusive, o de brincar”, pontuou o secretário adjunto Alfredo Lima.

A festa reuniu os grupos do SCFV vinculados aos Centros de Referencia da Assistência Social (Cras) do João de Deus, Cidade Operária, Janaina, Cidade Olímpica e São Raimundo, Vinhais e Estiva e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do território. A exposição de xilogravuras pintadas pelos próprios integrantes durante as oficinas contando a história dos principais personagens do Carnaval maranhense, pintura de rosto e uma votação para escolha do rei e rainha do SCFV tanto do grupo dos idosos, como do infantil tornaram a festa ainda mais interessante.

Francisco das Chagas Filho, 66 anos, era um dos candidatos da rei do Carnaval do SCFV e integra o grupo de idosos do Cras Cidade Operária. Afirmou que não lembra mais há quanto tempo estava no SCFV, contudo sabe dizer que frequentar o serviço ajudou a trazer mais qualidade de vida para ele. “Eu já perdi a conta do tempo que venho aqui. Cheguei cheio de doença e estou muito melhor, ativo”, ressaltou. Sobre a candidatura a rei, ele disse que foi indicado pelos demais participantes da equipe dele para concorrer. “Se for eleito, eu não sei bem o que faz o rei do Carnaval, mas estou me divertindo muito”, falou em tom de brincadeira, Francisco Filho.

O repertório musical também foi pensado com o objetivo de agradar a todos os presentes. A animação ficou por conta das tradicionais marchinhas de Carnaval e de um repertório mais atualizado como hip hop e o forró. Um grupo formado por crianças do próprio Circo Escola também ajudaram a alegrar a festa com a apresentação do grupo de forró, estilo pé de serra.

Karina Costa, 12, anos, eleita a rainha mirim do Carnaval do SCFV vinculada ao Cras São Raimundo, estava radiante após a votação, e afirmou que frequentar as atividades é muito prazeroso. “Eu estava muito ansiosa pra chegar esse momento, eu queria muito participar, minha amiga emprestou a fantasia e estou muito contente. Frequento as atividades lá no bairro duas vezes na semana e gosto demais. A gente faz música, dança, libras. É muito bom!" Comemorou Karina.

INCLUSÃO

A festa iniciou ainda no período da manhã, com o baile do Centro-Dia de Referência para Pessoas Adulta com Deficiência, localizado também no bairro Cidade Operária. O público presente, formado por pessoas adultas atendidas pelo serviço, familiares e a equipe técnica dançaram ao som de um repertório diversificado, e a festa contou com a presença de alguns brincantes do Bicho Terra que reforçou a alegria dos presentes. A festa continua dia 19 de fevereiro, a partir das 9h, com baile que irá comemorar os dois anos do Centro-Dia Infantil.

CONVIVÊNCIA

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos desenvolvido nos equipamentos sociais da Semcas oferta atividades no contra turno escolar e realiza ações de caráter preventivo, para defesa dos direitos e desenvolvimento das potencialidades das crianças, adolescentes e idosos em situações de vulnerabilidade social.

Em São Luís, o Serviço atendeu mais de cinco mil pessoas em 2019, em 256 grupos, com atividades recreativas, culturais, oficinas temáticas, esportivas e de lazer nas 20 áreas referenciadas de Cras, Casa do Bairro, Centro de Convivência da Vila Luizão e Circo Escola, com o apoio de 54 instituições conveniadas com o poder público.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem