agencia

Notícias

Sexta-feira, 29/05/2020 - 16h21

Prefeitura de São Luís entrega mais de 3 mil kits educativos contendo jogo desenvolvido para educar e prevenir sobre o novo coronavírus

Kit é destinado à crianças atendidas por programas sociais da Prefeitura de São Luís; ação soma-se a outras da gestão do prefeito Edivaldo voltadas para ajudar a população a enfrentar o distanciamento social durante a pandemia

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura de São Luís encerra distribuição de 3.300 kits educativos contendo jogo desenvolvido para educar e prevenir sobre o novo coronavírusA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), encerrou nesta sexta-feira (29), o fornecimento de 3.300 kits educativos e pedagógicos para crianças atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), vinculados aos 20 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do município, Centros de Convivência Circo Escola, Vila Luizão e Casa do Bairro. Cada kit é composto de um jogo de tabuleiro desenvolvido para educar e prevenir sobre o novo coronavírus, caderno, lápis, borracha. Também foram acrescentadas máscaras de tecido reutilizáveis para prevenção à Covid-19. A entrega nesta sexta-feira ocorreu nas regiões do Cras Bacanga, e Estiva. Quanto às máscaras, já foram entregues pela gestão do prefeito Edivaldo, somente esta semana, mais de 3.820. 

“O ilustrador Ricardo Pontes foi o nosso parceiro - autor do jogo de tabuleiro. Ao jogo acrescentamos outros itens  para ajudar a distrair as crianças e manter a segurança das famílias. Em função da suspensão das atividades presenciais do SCFV, nossas equipes elaboraram outras estratégias para não deixar crianças e adolescentes desassistidos. A gestão do prefeito Edivaldo tem empregado todos os esforços para manter os serviços essenciais funcionando, seguindo é claro, todas as diretrizes sanitárias para preservar cada uma das pessoas”, disse a secretária da Semcas, Andréia Lauande.

A entrega dos kits, iniciada no mês de abril, contou com o apoio das 54 instituições conveniadas com a secretaria e que auxiliam na execução do SCFV. O serviço  atende mais de cinco mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos, nos diversos territórios da cidade como Turu, Centro, Coroadinho, Maracanã, Vila Bacanga, Cohab, Cidade Operária, Anjo da Guarda, Anil, Vila Nova, João de Deus, Bequimão, Estiva, São Francisco, Bairro de Fátima, São Raimundo, Liberdade, Cidade Olímpica, Vinhais e Vila Janaína.

De acordo com Maura da Conceição Silva, 21 anos, moradora da Vila Bacanga e mãe de Leanderson, 5 anos todo o material chegou em boa hora. “Nossa, eu gosto demais do atendimento do Cras, tudo que precisamos é para lá que corremos. Eles têm nos ajudado muito com cesta básica, peixe, e agora com esse kit que nós vamos usar bastante. Eu costumo ensinar ele em casa e vamos aprender juntos", disse Maura da Conceição. 

A pequena Ana Clara Soares, 8 anos, participa do grupo do SCFV há três anos. “Eu achei muito bom e bonito. Assim esse material ajuda a distrair nosso tempo, pois não estamos saindo, então ter uma atividade diferente é legal”, falou Ana Clara.

SERVIÇO

O SCFV realiza atendimentos em grupos de acordo com a faixa etária. São atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, entre outras, de acordo com a idade dos usuários. É uma forma de intervenção social planejada que busca estimular e orientar os envolvidos na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares.

Tem como objetivo fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências entre os participantes, valorizando o sentido de vida coletiva. O SCFV possui um caráter preventivo, pautado na defesa e afirmação de direitos e no desenvolvimento de capacidades dos usuários.

São desenvolvidas atividades artísticas, culturais, de lazer, esportivas, pedagógicas, de formação social, entre outras, através de oficinas, palestras, dinâmicas, jogos coletivos, confraternizações eventuais, passeios e equipamentos de cultura e lazer.

Os serviços são oferecidos em três unidades de execução direta: Circo Escola (no bairro Cidade Operária), Centro de Convivência da Vila Luizão (bairro Vila Luizão) e Casa do Bairro (no bairro Desterro); e nos 20 Cras por meio de execução direta e indireta através de 54 organizações sociais conveniadas.        

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem